Principal

A Sá Pereira Continua a Mesma

Rio de Janeiro, 29 de junho de 2017

Prezados responsáveis,

Durante todo o tempo que a nossa memória consegue alcançar, a Sá Pereira tem sido uma escola aberta, voltada para a formação permanente de todos aqueles que com ela estiveram envolvidos. Os diretores, coordenadores, professores, auxiliares de ensino, pais, alunos e, por extensão, seus familiares.
Nesse percurso, como é dito logo no início de nossa proposta pedagógica, "Tomamos como referências éticas os valores proclamados na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na dos Direitos das Crianças; a crença na democracia, na solidariedade e na fraternidade como valores universais; a busca da participação, da livre expressão e do respeito mútuo; a necessidade da escuta cuidadosa e amorosa das diferentes inquietações, necessidades, anseios e sonhos de cada pessoa, grupo, povo ou nação; a certeza de que a paz política, social e econômica é o único ambiente propício para o desenvolvimento humano.” E que “As ciências, as artes, as filosofias, as religiões de todas as civilizações formam o patrimônio cultural da humanidade, cujo conhecimento e convivência é direito de todos. Dedicamos, desde nossa fundação em 1948, atenção especial às artes, por acreditar nelas como intérpretes e arautos desse patrimônio."
Procuramos durante todo esse tempo construir um trabalho pautado nessas crenças e fazer delas o norte de nosso projeto pedagógico. Há sete anos, tomamos juntos a decisão de implantar o Fundamental II. Muitos de vocês estavam presentes naquela reunião em noite de tempestade! De lá para cá, já formamos três turmas, a primeira já ingressou com sucesso na universidade.
A escola cresceu, o trabalho administrativo aumentou muito, assim como o desejo de Anselmo, que sempre foi o responsável por essa gestão, de se aposentar. Diante desta realidade, estamos sempre buscando uma alternativa para estabelecer processos administrativos e fiscais mais orientados. Afinal de contas, essa é a parte que menos entendemos nesse nosso valioso compromisso com a educação de qualidade.
Depois de muita reflexão, reconhecemos que perpetuar o que foi construído nesse pequeno grande período de tempo só seria possível se em consonância com uma administração profissionalizada. Sendo assim, gostaríamos de informar que, a partir de junho de 2017, a composição da sociedade da Escola Sá Pereira, que tem como sócios a Tetê, a Cecília e o Anselmo, passa a ser acrescida da Raiz Educação, que se define principalmente por paixão pela educação. É uma equipe que aposta na diversidade, e que apoia projetos respeitando suas histórias e ideologias, seus caminhos, suas identidades.
E nós poderemos continuar nos dedicando ao que fazemos de melhor: educar. Tetê segue, estatutariamente, como diretora pedagógica, responsável pelo norte pedagógico e pela coordenação, seleção e formação de todo o corpo pedagógico da Sá Pereira, assim como Cecília, na função de orientadora, agora muito mais livres para a atenção às necessidades e apoio a nossas crianças.
Na busca por uma expertise administrativa que respeite tudo aquilo que somos, finalmente conseguimos chegar a uma solução que acreditamos fortemente estar alinhada com os valores que tanto defendemos. Com a chegada do novo sócio, almejamos melhorar ainda mais o trabalho realizado na Sá Pereira, dar asas ao nosso sonho de ampliação gradativa do projeto, para que possamos incluir um número maior de alunos, garantindo a diversidade do público, abrindo oportunidades de crescimento profissional dentro da própria escola. Mas para que esse ideal possa se realizar, precisamos continuar a contar com a confiança de quem nos escolheu como parceiros na educação de seus filhos.
Em carinho e respeito à autoria e às contribuições de todos aqueles que por aqui passaram, aos que aqui estão e aos que por aqui passarão, a Escola Sá Pereira continua a Escola Sá Pereira!
Contamos com o apoio de vocês e estamos à disposição para conversar sobre o tema e tirar dúvidas, num encontro que acontecerá no dia no dia 30 de junho, às 18h, aqui na escola.

Tetê, Cecília e Anselmo. 30/06/2017