Notícias de 13 de setembro de 2013 - Ano XX

Para Todos

Plantão

Chegamos ao final de mais um trimestre. Tempo de avaliações, boletins, reflexões e transformações para o segundo ciclo do Fundamental I e para todo o Fundamental II.
Assim, convidamos os pais de F4 e F5 (Fundamental I) e de F6 e F8 (Fundamental II) para o plantão que acontecerá na quinta-feira, dia 19, das 18h às 21h.
O plantão é um breve encontro de 15 min entre pais e professores.
Para os pais de F4 e F5 é necessário o agendamento prévio na secretaria da escola. Os de F6 e F8 são atendidos por ordem de chegada. Para os pais de F7 e F9 o plantão será no dia 3 de outubro.

Ensino Fundamental I

Pesquisando

Continuando nossas conversas sobre como conhecemos a história da nossa Cidade, descobrimos que podemos estudá-la através dos monumentos, de músicas, da literatura, de entrevistas e conversas.
Por isso, pesquisamos alguns monumentos no trajeto da casa para a escola, apreciamos algumas obras de Debret e entrevistamos Cecília e Tete que nos contaram sobre a história da casa da escola e como era a cidade.

Samba!

Nas aulas de música, as F1 têm estudado sobre esse ritmo tão carioca. Conhecem sua história, sua chegada na cidade e as grandes novidades musicais que surgem nas décadas de 20 e 30. Para incrementar esse estudo, estão cantando "Pelo Telefone", primeiro samba gravado, e estão tocando surdo.

Reunião de Pais de F1

No dia 26, quinta-feira, às 19h30, os professores receberão os pais para falar sobre o segundo semestre das F1.

Impressão da F2

A F2 encontrou uma cesta com tinta em tubinho, uma boneca chamada Lineia e um papel em que estava escrito "Impressão, nascer do sol". Todos ficaram curiosos com a charada e foram pesquisar o assunto. Vejam o registro das turmas.

"Monet gostava de pintar quadros com seus amigos na rua. Um dia no hotel, ele olhou pela janela, viu o sol nascendo, o reflexo do sol e os pescadores nos barcos, e quis fazer uma pintura porque ele achou aquela imagem muito bela.
Depois dessa pintura, os artistas que pintavam igual, ficaram conhecidos como impressionistas.
Quando ele se mudou para a nova casa, viu que tinha um jardim muito belo. E ficou maravilhado ao ver aquele jardim e a natureza. Então ele resolveu pintar com aquelas cores tão bonitas.
A pintura “Impressão, nascer do sol” tem o tamanho de 48 X 63 cm e a tinta que ele usou foi tinta a óleo. O museu onde esse quadro está é o Museu Marmottan em Paris."

Texto coletivo F2M

"Quando Monet colocou o quadro para as pessoas verem, em 1874, alguns críticos não gostaram porque era tudo borrado. Achavam que era uma pintura de preguiçosos, que não estava terminada, que era só a impressão de que tinha uma imagem. O Monet dava umas pinceladas meio disformes e coloridas e quando você olha de perto parece tudo borrado, mas quando você olha de longe fica uma imagem mais definida e muito bonita."
Texto coletivo F2T

New Games

Novidades nas F2. Que surpresa bacana foi encontrar os novos jogos na prateleira da sala! Os jogos apresentam os "numbers" (1-20) e o "alphabet" e nos convidam para uma montagem com pequenos encaixes. Eles animaram as turmas e levantaram vários questionamentos relacionados à escrita das palavras e à pronúncia também. Foi divertido!

Em Cena

Desde o início do semestre, as F2 estão aprendendo a criar uma cena nas aulas aulas de Teatro. Primeiramente, pensamos “quem” são os personagens que aparecem na nossa história. Em seguida, definimos “onde” estão esses personagens, onde se passa a cena. Por fim, escolhemos “o que” fazem os personagens. Então, respondendo às perguntas “Quem?”, “Onde?”, “O quê?”, construímos uma história para ser contada.

Metalofones nas F2

Nas aulas de Música, as F2 têm ouvido composições de Debussy e Satie. Inspirados nesse universo musical, as crianças começaram a experimentar pequenos improvisos no metalofone. Essa prática inicial de conjunto também está ajudando a trabalhar os compassos de três tempos, usados em algumas das músicas apreciadas.

Geografia Amazônica

As F3 estão revisitando o caderno de Projeto para elaborar a exposição da Feira Moderna. À medida que revisitam as imagens e os textos, redescobrem conteúdos interessantes que servirão como argumento para as explicações na Feira Moderna, além dessa leitura favorecer revisões ortográficas dos escritos.

Ilustração Botânica

As F4 receberam a visita da Cynthia, que veio conversar e ensinar às crianças como fazer ilustrações botânicas. Ela explicou a importância desses desenhos e mostrou algumas obras já publicadas. Entre os trabalhos, estavam os da conhecida ilustradora Margareth Mee. Nossos pequenos botânicos adoraram a aula e fizeram desenhos incríveis e detalhados a partir da observação de uma folha de espinafre! Todos estavam envolvidos e muito concentrados. Foi uma aula e tanto!

No dia 10 de setembro recebemos uma visita especial, Cynthia, mãe do João, nosso professor de música. Ela, que também é professora e especialista em desenho de observação, nos ensinou a fazer ilustrações botânicas. Conhecemos vários livros de épocas e estilos diferentes que retratam imagens da botânica. Aprendemos, que antes de desenhar, temos que medir com a régua a altura e a largura da folha e, para isso, usamos uma folha de espinafre. Descobrimos que a parte de trás é mais áspera e nela podemos ver melhor as nervuras, que são os vasos condutores de seiva. Para esse desenho, tivemos que usar linhas duplas. Já a frente da folha é mais lisa e os vasos condutores de seiva aparecem menos. Sob a luz, conseguimos ver melhor os vasos mais finos. Agora, com todas essas técnicas que Cynthia nos ensinou, podemos ilustrar qualquer coisa da natureza com mais detalhes.
F4M

Algodão ou Terra?

Esses meninos e meninas das F4 não param de pesquisar e experimentar:
Desde a semana passada estamos observando uma experiência e já começamos a notar várias diferenças. Plantamos feijões, na terra e no algodão, e descobrimos que os feijões plantados no algodão cresceram mais rápido, porém, os plantados na terra ficaram mais firmes e suas raízes também se desenvolveram melhor. E isso aconteceu porque a terra tem os nutrientes necessários para a planta se sustentar e crescer mais saudável.
Observamos, também, que de cada grão de feijão brotou um caule fino e sensível que, quando vão sair as folhas, se separa em duas partes. Assim, para cada feijão, brotam duas folhas.

Texto coletivo F4M

No Jardim Botânico

Na quarta-feira, os alunos da F4T fizeram uma visita ao Jardim Botânico para ampliar os seus conhecimentos sobre botânica. Lá, foram recebidos pela Neusa Tamaio, mãe do Iuri (F4M), que deu informações super importantes e interessantes para os nossos pequenos botânicos. Eles colheram, com a ajuda dos técnicos, amostras de plantas: Ipê, Canela, Quaresmeira e Pente de Macaco com o intuito de preparar uma exsicata. Assim, na estufa, viram como essas amostras são prensadas, preparadas, identificadas... para depois serem guardadas no herbário. Aprenderam, ainda, os nomes científicos de algumas plantas e sobre como são registradas com o nome do pesquisador que as colheu.
Foi um passeio muito enriquecedor, divertido e bonito! Aproveitamos para agradecer o carinho da Neusa, da Rosângela e de toda a equipe do herbário do Jardim Botânico, que parou um pouquinho o seu trabalho para atender essa turminha muito curiosa e animada.
Na próxima terça-feira é a vez da F4M! Lembramos a todos que, para esse passeio, cada criança deve levar, numa pequena mochila, um lanche individual em embalagens descartáveis.

Trees and Flowers

As F4 estão muito animadas com os livros paradidáticos usados durante as atividades relacionadas ao projeto das turmas: "The life cycle of the Tree" e "The Life Cycle of the Flower". Neles, as crianças estão descobrindo um vocabulário novo que, com o auxilio das imagens, torna-se bem acessível.
Com esses livros, faremos uma ciranda de atividades! A cada semana, um grupo de alunos levará para casa uma pasta com o livro, tendo uma tarefa para resolver e outra para preparar para os amigos da turma. Essas tarefas não poderão deixar de ser entregues nas datas agendadas, pois se os livros não forem devolvidos, fica comprometido o ritmo da ciranda. Pedimos, então, a parceria das famílias, acompanhando de perto o trabalho de casa. Estão todos ansiosos por sua vez!

A Fala

Nas aulas de Teatro, os alunos das F4 estão explorando a palavra. Fizemos muitos exercícios de voz para aquecer esse instrumento tão rico e importante para a criação de um personagem. Em cena, através de jogos de Gromelô (língua inventada), descobrimos que podemos nos expressar e nos comunicar experimentando diferentes intenções e ritmos da fala.

F5 na ETA do Guandu

Estudando a história do Rio, vimos que a primeira obra para abastecimento de água da população foi o poço Cara de Cão, aberto por Estácio de Sá. Depois, veio o Aqueduto da Carioca (os Arcos da Lapa) que abastecia os chafarizes. Com o crescimento do Grande Rio e a ausência de mananciais com volume suficiente, foram construídos grandes sistemas de represas e adutoras para captar água do rio Guandu e a ETA do Guandu. Certificada como a maior estação de tratamento de água do mundo, tudo lá impressiona pela grandiosidade: ela é responsável pelo abastecimento de 9 milhões de pessoas, transposta 43 mil litros de água por segundo e consome 46 mil MW/hora de energia.
Nossa visita foi muito produtiva pois pudemos entender o processo de tratamento e a valorizar a água que chega às nossas casas.

Volta no tempo

As F4, no ano passado, em seu passeio pela China, conheceram o artista Cai Guo-Quiang. Suas ilustrações com pólvora e fogos de artifício encantaram a todos nós. O CCBB nos presenteou com essa possibilidade de visita à exposição do artista, que nos fará relembrar de alguns estudos e experimentações vividas.
As visitas serão segunda-feira, dia 16, F4T e quinta-feira, dia 19, F4M

Piolhos

As queixas continuam a respeito dos piolhos.
Parece muito tempo e esforço jogados fora, quando alguém com a cabeça limpinha, ao retornar para a escola, logo se reinfesta. A F4T convoca a todos para uma campanha contra os piolhos. Fizeram pesquisas e até cartazes como o de Antônio Lins, que ilustra a matéria. Aproveitem o final de semana para, numa ação conjunta, vistoriar e tratar das madeixas.

Ensino Fundamental II

Feira Moderna Fundamental II

A Feira Moderna já está presente nas conversas das turmas de F6 a F9, mas ainda em forma de planejamento, troca de ideias e sugestões.
O dia será 28 de setembro. Para que todos possam se programar, o horário:
De 10h às 12h - para os alunos da tarde
De 13h às 15h - para os alunos da manhã

Silêncio em Casa

Onde foram parar as tarefas de casa?
Primeiro vieram as avaliações. Depois a devolução dos testes, que geralmente é acompanhada de correção e comentários. Em seguida, chegou a fase da avaliação cooperativa, momento do trimestre que cada professor compartilha com a turma tudo que foi avaliado no período e como cada aluno se saiu.
Nos últimos dias, as aulas foram ocupadas com a preparação da Feira Moderna. E nas duas próximas semanas todo mundo estará envolvido na produção do evento do dia 28, com as turmas arrumadas em grupos, numa outra dinâmica. Devem aparecer tarefas de casa - e que contam com a ajuda de vocês - muito diferentes.
São experiências e aprendizagens diversas e valiosas nesse período que soma quase um mês.
Por isso um certo "silêncio". Mas, acreditem, estamos trabalhando e muito!

Desvendando o Relevo nas F6

Dedicamos nossa atenção à dinâmica de formação e transformação do relevo terrestre. Com base em trechos do filme "Era do Gelo 4", começamos a discutir a estrutura da Terra e as teorias que buscam explicar a configuração do planeta.
Em seguida, com auxílio de imagens e notícias de jornal, discutimos como os terremotos e maremotos surgem e os prejuízos que causam.

O Jornal nas F6

Para que serve o jornal? Quem trabalha em um jornal? Como é o jornal? Essas e outras perguntas estão sendo levantadas para refletirmos sobre a linguagem utilizada na construção do texto jornalístico e, principalmente, o valor da notícia para a sociedade.

O Nordeste nas F7

Partindo da ideia do nordeste como uma região de contrastes, estamos discutindo as diferenças naturais, sociais, econômicas e culturais existentes nessa região brasileira. Com base em vídeos, notícias de jornal e episódios da série "Um pé de quê?", debatemos questões como a concentração da riqueza na Zona da Mata, a pobreza no Sertão e o Agreste e o Meio-Norte como faixas de transição naturais.

Mais Cordéis

As F7 selecionaram passagens interessantes da obra “Auto da Compadecida” para serem recontadas em cordéis. A transformação desses textos, por meio de rimas, foi um grande desafio para todos. Como fechamento dessa atividade, fizemos um trabalho adaptado de xilogravura para a construção das capas dos folhetos produzidos.

Que Sabemos sobre a África?

Nas F8, iniciamos nossos estudos sobre a África buscando desconstruir ideias equivocadas sobre as questões naturais, econômicas, sociais e culturais do continente. Em seguida, começamos os estudos sobre o quadro natural africano, desvendando o porquê da existência dos desertos, a diversidade de paisagens vegetais e a disposição do relevo.

Consulta nas F8

Na semana passada, enviamos, pelos alunos, uma consulta aos pais sobre a preferência de turno para 2014. Aguardamos a resposta dos que ainda não se manifestaram.

A New Beginning

Com a realização dos testes na semana passada, terminamos mais um período de ampliação das formas de se expressar em inglês. Os alunos das F8 usaram seus conhecimentos para expressar intenções futuras, bem como dar conselhos. Na F9, trabalhamos a expressão de mudanças em nossas vidas através do "present perfect", e comparativos de igualdade.
As turmas irão aprender a usar o verbo "wish" para expressar seus desejos futuros e possíveis arrependimentos. Tudo isso, claro, com o apoio musical e constante diálogo com temas da atualidade.
Com relação à Feira Moderna, abordaremos personalidades históricas - de diversas áreas - que, de alguma forma, transformaram nossas vidas. Muitos alunos se empolgaram com a possibilidade de incorporar o seu personagem favorito e participar de uma mesa redonda em Inglês.

Cantores da F9

Os cantores da F9 seguem seus ensaios para a festa de final de ano, que tem o rock nacional como tema. "Esse tal de Roque Enrow" e "Pelado" são as novidades do nosso repertório, que está cada vez mais divertido de cantar! As músicas que estamos cantando estão no Para Turmas. Assim todos poderão tê-las na ponta da língua, nos ensaios!

Estrutura Populacional nas F9

Dando continuidade ao estudo sobre migrações e estrutura populacional, aprendemos a interpretar pirâmides etárias e discutimos a importância do uso desse instrumento.
Realizamos um debate sobre as características da estrutura populacional europeia e sobre o papel da mão de obra imigrante na economia dos países europeus. Posteriormente, iniciamos um estudo sobre as teorias demográficas malthusianas e reformistas.

Rock n' Roll

Nas aulas de Teatro, as F9 estão iniciando o processo de ensaios para a nossa festa de encerramento. Já lemos o texto, que fala sobre as transformações do Rock no Brasil ao longo das últimas décadas. Estamos aprendendo sobre alguns momentos históricos marcantes como a ditadura, a abertura política, o impeachment de Fernando Collor, entre outros, a partir de crônicas bem humoradas de Luis Fernando Veríssimo.

De Todos

Achados

Na secretaria encontram-se três celulares Nokia e um Motorola. Caso você tenha perdido o seu, venha ver se é um desses.

Aniversários

De 16 a 22 de setembro

16 Andre Machado Pereira PRO
16 Ana Lucia Ierusalimschy F9MA
16 Sophia Eyer Protasio de Oliveira F4T
16 Helena Tonini Oliveira Telles F8TA
17 Bianca da Mata Pestalozzi F2M
18 Amodini Trindade Pederneiras F4M
18 Nina Fendt Fajardo TCM
18 Malena Mann Habirian da Costa AUX
18 Mariano Azeredo Tupinambá F5MB
18 Julia Mautner Palmeira de Paula TDT
19 Frederico Martins Tucherman F1T
20 Liz Mel do Couto Silva Goulart F4M
21 Isadora Martins Ordine TCT
21 Hanah Zagarodny F5MB
21 Ana Beatriz Merquior Tardin Pinheiro F6M
22 Cecilia Vila Maior Teixeira F2T