Notícias de 3 de maio de 2013 - Ensino Fundamental - Ano XX

Para Todos

As Lêndeas Vão se Transformar

Os piolhos vivem em torno de 40 dias, e cada fêmea bota em média 250 ovos em sua vida. Aproximadamente em 7 dias os ovos eclodem e as ninfas se tornam adultos prontos para se reproduzir, processo que leva 15 dias. É importante saber que, em todos esses estágios os piolhos se alimentam de sangue. A reação do hospedeiro à saliva secretada na hora de sugar o sangue resulta em uma dermatite e o prurido leva a coçar a região... daí os problemas só aumentam, pois está aberta uma entrada para microorganismos, aumentando a coceira. Você está mantendo a rotina do pente fino?

Fundamental I

Reunião de pais

Na próxima terça, reunião das turmas do Quinto Ano. F5T e F5MB às 18h e F5MA às 19h30.
No dia 13/05, segunda, é vez da reunião das F1, às 19h.

Príncipe Vira Sapo?

A leitura do Príncipe Sapo está a todo vapor. As crianças das F1 estão envolvidas com o drama do Príncipe que quer voltar a ser um sapo, e estão tentando descobrir uma forma de ajudá-lo. Para isso receberam uma bela surpresa - um aquário cheio de girinos e agora parecem verdadeiros cientistas prontos para estudar a transformação do sapo e ajudar o príncipe!

F2 em Erupção!

A sala das F2 se transformou na Terra recém-nascida: a crosta terrestre estava se formando, ainda não havia água e a atividade vulcânica era intensa! Para imaginar como devia ser nessa era, as crianças construíram vulcões de argila e fizeram uma experiência com vinagre, detergente e bicarbonato de sódio que, quando misturados, fazem o movimento da lava, ou melhor, do magma que vem de dentro do planeta e escorre pela boca do vulcão. Nossos pequenos cientistas ficaram muito surpresos com a experiência. Vejam as fotos.
Na F2M, quem nos ajudou a realizar a experiência foram os pais da Elisa, Marta e Christopher. Com muita disposição, acompanharam as explosões e o entusiasmo das crianças.

Um Presente do Mar

Helena
Os alunos das F2 receberam “Um presente do mar”. Nas aulas de Teatro estamos trabalhando com uma adaptação do livro homônimo, que conta a história de um menino que encontra uma pedra nas areias da praia. No entanto, essa pequena pedra, que foi expelida da boca de um vulcão há milhares e milhares de anos, passou por muitos lugares e muitas eras. As crianças estão passeando por diferentes tempos e cenários, como a época dos homens das cavernas, da civilização romana e até mesmo nas profundezas de um mar gelado. Uma viagem de descobertas e aventuras.

Mudança no Passeio das F3

Sobre o passeio para conhecer o Rio dos Macacos:
F3M, na terça-feira, sairemos para o passeio às 7h40, a saída será às 13h.
F3T, na segunda-feira. A chegada à escola será às 11h45; saída no horário normal - as crianças devem almoçar em casa.
Já que não temos como ir ao Rio Amazonas, conheceremos a bacia hidrográfica da Lagoa Rodrigo de Freitas. Iremos à Vista Chinesa, observar a paisagem e a influência do relevo na formação dos rios. Depois, faremos uma trilha na mata para chegar no encontro das águas dos rios Pai Ricardo e Macacos. Em seguida, vamos conhecer o desague desses rios na Lagoa Rodrigo de Freitas e, por fim, o desague na paria de Ipanema, pelo Jardim de Alah. Assim, pretendemos aproximar as crianças das discussões de sala de aula. Por tudo isso, faremos esse horário especial.
A roupa e o calçado devem ser adequados para a mata. Passem repelente e protetor solar. Cada criança deve levar uma pequena mochila com água e lanche em embalagem descartável.
Os pais das crianças que utilizam condução escolar devem atentar para o horário especial de saída da F3M e da entrada da F3T.

Diz a Lenda

As lendas do Rio Amazonas viraram peça de teatro nas F3. No nosso espetáculo, os personagens são sereias, índios e botos, que contam as misteriosas histórias desse grande rio de águas profundas e escuras. Se essas histórias são verdadeiras, nós não sabemos, mas diz a lenda...

Mar Salgado?

As crianças da F3T já leram muitas lendas: a Vitória Régia, o Pirarucu, o Boto Rosa, Iara, Potes d’água, entre outras. Depois de conversar sobre o que caracteriza esse tipo de texto, todos foram desafiados a criar uma lenda que explicasse por que o mar é salgado se o rio é doce? O trabalho de escrita e revisão tem sido bem caprichado e as lendas estão ficando bastante originais.

Poesia

As F4 estão experimentando declamar poesias nas aulas de Teatro. O que querem dizer as palavras escritas pelo poeta? Quais são os sentimentos que aquelas palavras despertam? Que ritmo está impresso nos versos que compõem cada estrofe? Para esse estudo, escolhemos a poesia “Planta Baixa”, de Vinicius de Moraes. Uma bela maneira de aprender e homenagear nosso “poetinha”, que este ano estaria chegando ao centenário.

Gente, Bicho, Planta...

Definido o título do Projeto das F4, listamos o que já sabíamos sobre o assunto e o que gostaríamos de saber. Iniciamos a leitura do livro "Gente, bicho, planta: o mundo me encanta", que nos convida a pensar sobre os ciclos da vida e as relações entre os seres vivos. Curiosidades e perguntas sobre cadeia alimentar estiveram em nossas aulas. Mais uma vez constatamos a importância de todos os seres na natureza e, aos poucos, voltamos a nossa atenção para as plantas.

As F5 no Mirante Dona Marta

Nem sempre temos o privilégio de olhar do alto a cidade onde vivemos. Dessa perspectiva, temos a chance de perceber, muito mais claramente, os contrastes das formas naturais e das formas construídas. Com a bússola, conseguimos identificar os pontos cardeais e as principais referências de cada um deles e entendemos a divisão por zonas sul, norte e oeste. Também constatamos que a estátua do Cristo Redentor serve de bússola, pois olha para o Leste, seu braço esquerdo aponta para o Norte, então o Sul fica na direção da mão direita.
Os dias estavam lindos e, além das observações geográficas, pudemos nos encantar com a beleza da cidade.

É Culinária? Não! É Matemática!

Rocambole de Nutella, empadinha de queijo, esfiha aberta de carne, pavê de chocolate, pipoca doce e salgada, suco de frutas vermelhas e abacaxi com hortelã... Isso não faz lembrar uma aula de culinária? Nada disso! Era a aula de Matemática da F5T, com a intenção de iniciar, de forma saborosa, os estudos sobre Medidas e Grandezas. As crianças se organizaram em grupos, pesquisaram os preços dos ingredientes e dividiram o que cada uma deveria trazer. No dia marcado, Vivi, Nívea e Pedrinho prestaram uma assessoria às crianças que, em duas horas, prepararam um lanche delicioso! Ao final, um texto caprichado foi entregue à professora para avaliar a atividade.

O Rio de Ontem

Nas aulas de Artes, os alunos das F5 se depararam com fotografias antigas do Rio de Janeiro repletas de histórias para serem contadas. Todos completaram a cena e escolheram um personagem imaginando-os em um Rio de antes. Tínhamos fotógrafo, bailarina, a senhora com o marido e outras.

Compositions

Terminada a elaboração do texto recontando a trama do livro "Mystery in London", as F5 foram até a biblioteca digitar as histórias. O trabalho foi feito em duplas, assim como a leitura inicial.

Fundamental II

Marcas-vestígios

Depois de estudarmos a arte da pré-história, refletimos sobre as marcas que ficaram dos nossos antepassados e as que deixamos em nosso dia-a-dia. Depois de observar a escola, como "artistas-arqueólogos", os alunos buscaram registrar, no papel, as marcas que encontraram.

Pastas e fichários

Nas últimas aulas de Projeto, os alunos das F6 compartilharam as formas escolhidas para organizar suas fichas.
Trazendo suas pastas sanfonas ou de saquinhos para todas as matérias, pastas avulsas para cada disciplina e até uma pasta separando fichas por dias da semana, os alunos mostraram que o mais importante é que o que foi produzido precisa ser guardado de forma que facilite o acesso para estudo e consulta.
A F6M visitou a sala do Renato, da administração da escola, e conheceu os arquivos e as pastas suspensas onde fica guardada parte dos documentos da escola.
Passado o período de avaliações, conversamos sobre as diferentes formas de estudar. A mais citada foi "fazer resumo". Esse é, portanto, o nosso próximo passo: aprender a fazer um resumo.

Criando Autonomia

As F7 também compartilharam, nas Tribos, seus diferentes estilos de arquivamento das fichas e apostilas. Aprender a organizar o material, e mantê-lo separado por disciplina, vai ajudar bastante nesse momento de estudo para o fechamento de avaliações do trimestre.

Tribos nas F8

Os alunos de F8 manifestam desejo de realizar novo sarau. Mas pensam num movimento de total responsabilidade e autonomia dos alunos nessa organização.
Nas últimas Tribos formaram uma comissão organizadora: Victor, Davi, Antonia na F8TB e Helena, João Gabriel e Bento na F8TA.
Sua missão:
1 - Marcar as datas. Uma para o primeiro semestre, outra para o segundo.
2 - Preparar a relação do que a escola precisa providenciar.
3 - Encontrar o documento com as orientações "Como preparar um Sarau", que foi utilizado no ano passado.
Ficou definido ainda que o sarau não poderia ultrapassar o horário de 21h.

Criação de Objetos

Após observarmos, nas aulas de Artes, as "gambiarras" registradas por Cao Guimarães, os objetos inventados de Jacques Carelman e as fotografias de Chema Madoz, os alunos de F9 tiveram a tarefa de inventar novas funções para objetos do cotidiano (e outros nem tanto). Depois de realizar fotografias, agora é o momento de organizar e diagramar esse material.

Tribo nas F9

Já pensando e elaborando a despedida, as F9 começam a organizar os preparativos para a formatura. Numa Tribo que reuniu as duas turmas, tiramos 3 comissões.
1 - Comissão da festa - Carol, Luisa A, Mel, Luiza, Tarcila, Dora, Alice e João (caso a festa venha a ser na casa dele) - A comissão vai fazer o orçamento para local, comida, bebida, Dj, definir quantos convidados por aluno, e se os pais e professores serão ou não convidados.
2 - Comissão de vídeo - Cecilia, Gabi, Liora e a escola - A comissão vai procurar, na rede interna da escola, material para o vídeo. Espera, também, receber a colaboração dos pais que tenham recolhido imagens ao longo desses anos.
3 - Comissão da viagem - Diana, Paloma, Eleonora, Álvaro e Pedro K - Vão avaliar a proposta de Paraty - Saco de Mamanguá - que está disponível no site da escola, no fórum de alunos e considerar outras alternativas.

Ainda conversamos sobre a possibilidade de um anuário ou publicação com fotos e textos individuais e do grupo, mas ninguém se responsabilizou pela produção.

De Todos

Pequena Coleção de Todas as Coisas

Dani Lima, mãe da Mia (F2M) convida todos para o espetáculo e oficina de dança para crianças - "Pequena Coleção de Todas as Coisas": sábados, às 17h e domingos, às16h, no SESC Copacabana. Oficina: quintas, das 10h30 às 12h ou sextas, das 14h30 às 16h.
Até final de maio. Informações: facebook.com/ciadanilima.

Kinomichi Criança

"Brincando com o corpo, Brincando com o outro", Arte marcial com espírito de harmonia e contato, com Cristiana Cavalcanti, mãe de Guido (F6T) e Gabriel (F8TA). Informações, Rampa: 3796-7307

Para Crianças na Mutações

Dia 4 de maio, às 11h30, na loja Mutações, uma oficina pretende unir mães e filhos para celebrarem o Dia das Mães com estilo, sustentabilidade e respeito às diferenças.
Pegue retalhos de tecidos, linha e tesoura sem ponta. Misture com contação de histórias de príncipes e princesas inusitados. Acrescente muitas pitadas de estilo e criatividade! Está pronta a Oficina de Moda Infantil Sustentável, com Contação de Histórias para mães e filhos, realizada pela pesquisadora e designer de moda Julia Vidal em parceria com a educadora Sinara Rúbia.

Aniversários

De 6 a 12 de maio

6 SANTIAGO PACHECO HEUER F7M
7 BRENO GENTILE M. O. PINTO F9MB
8 NATÁLIA OLIVEIRA COUTINHO PENNA TCM
8 VICENTE BIANCHI FERRAN F3T
9 ULRICH CORRÊA R. D. DA MOTA F1M
9 VICTOR STEPHANY PONTES F7M
9 LEILA MENDES CALDAS F6M
9 VIVIANE DO COUTO SILVA GOULART AUX
10 MARIA MOLETTA MENDES MORAES F1T
10 MIGUEL MARTINS MEXAS BITTENCOURT TDT
11 MARIA PIA CAPOBIANCO V. N. DINIZ TCT
11 ALICE REPETTO YAZBECK M. NUNES F3T
12 IAN AMORIM CORDEIRO DE MELLO F7M
12 PEDRO DA SILVA FERREIRA F4M