30 de março de 2011 - Ano XIX

Para Todos

Próximo Informe e Feriado

O Informe 696 circulará na quinta-feira, dia 5, véspera do feriado de Sexta-feira Santa. O final de semana prolongado é uma boa oportunidade para reforçarmos o cuidado no combate aos piolhos. Desejamos a todos um bom descanso.

Educação Infantil

Plantão de Professores

No dia 11 de abril, quarta-feira, teremos o Plantão de professores da Pereirinha. Esse encontro tem como objetivo atender aos pais que têm alguma questão especial a conversar e precisam de um encontro com a professora. As reuniões gerais já estão agendadas para o início de maio e nelas a presença de todos é muito importante. O plantão, com duração máxima de 10 min. precisa ser agendado, com antecedência, na secretaria da escola, com Andreia ou Ana Carla.

Brinquedos na Escola

Quando trazer brinquedos para a escola? Esse tem sido um tema em nossas conversas e reuniões de pais. Sabemos da importância que um brinquedo de casa pode significar para dar conforto e segurança à criança no período de adaptação. No entanto, muitas vezes, contribuem para que se dispersem e deixem de se incluir nas propostas coletivas, além de favorecerem disputas. A possibilidade de se perderem durante o rodízio das salas causando frustrações e trabalho extra para os professores também precisa ser considerada. Por isso é preciso bom senso. Para as crianças, explicamos que a escola é um espaço coletivo, que temos uma sala de brinquedos para todos, e que só devemos trazer para a escola algo que esteja relacionado ao projeto da turma e que possa ser compartilhado com todos. Contamos com a colaboração dos pais, estabelecendo limites e explicando sobre a importância de aprenderem a lidar com as regras da escola.

Uma Casa Diferente

A Turma da Casa fez uma visita ao Parque Lage e conheceu uma gruta construída pelo homem. As crianças ficaram encantadas e curiosas enquanto caminhavam e exploravam seu interior. No percurso, foram levadas a imaginar como seria viver numa "casa" como aquela.

"A casa grande do homem!"
Cosmo
"Quem mora aqui?"
Pedro Rangel
"Será que aqui dentro chove?"
Luisa
"Aqui é o sofá."
Matias
Depois aproveitamos para conhecer a "casa" dos peixinhos e visitamos o lago e os aquários. Foi uma tarde muito divertida!

Casas na Floresta

A Turma da Lanterna recebeu a visita de personagens ilustres da literatura infantil. Diante do cenário produzido pelas crianças, o Lobo Mau e os Três Porquinhos vieram contar sobre suas peripécias na floresta chamando a atenção para os diferentes tipos de materiais utilizados na construção de suas casas.

Um Circo Diferente

A Turma do Bambolê se encantou com o circo em miniatura de Alexander Calder. Todos ficaram atentos e interessados aos detalhes que o artista usou para criar os personagens confeccionados com materiais reaproveitados como arame, madeira, couro, lata, entre outros. Suas esculturas e móbiles também ganharam destaque entre as crianças.
Também nos divertimos com os bonecos de feltro, trazidos pelo amigo Vicente (TBM), personagens do filme "Cavalinho Azul".

Semana Especial

A Turma do Pião se envolveu bastante com a pesquisa sobre o surgimento das bonecas na história dos brinquedos. Para aproveitarmos todo esse entusiasmo, planejamos algumas atividades que envolvem esse brinquedo que encanta as crianças há tantos séculos. Portanto, pedimos aos pais que, na próxima segunda-feira, enviem uma boneca ou boneco, de porte médio, para ficar na escola por uma semana.

Inventos na Caverna

"A Turma dos Inventos foi até a Floresta da Tijuca conhecer uma caverna. O José Antonio, que é guia, ajudou a gente a chegar lá. O caminho era estreito, um pouco dificil e tinha muitas pedras. Quando chegamos à caverna, vimos que era escura, tinha um buraco aberto, um desenho na parede e morcegos, que não vimos, só ouvimos o barulho deles. Dentro da caverna estava mais frio, a parede da caverna era molhada e algumas crianças sentiram um pouco de medo. Achamos o passeio muito legal!"

As crianças também registraram o passeio por meio de desenhos que estão expostos no mural de entrada.

Visita Especial e Passeio

Vanessa veio mostrar às turmas do Patinete e do Sol as fotos que a Tetê tirou de uma viagem que fez à Serra da Capivara de diversas pinturas rupestres que retratam a vida de nossos antepassados. O mais surpreendente foram as pinturas abstratas. Será que já era uma tentativa de escrita ou alguma forma de contagem? No final, as crianças foram desafiadas a elaborar um desenho figurativo e outro abstrato como os que apreciaram nas imagens.
O passeio à Floresta da Tijuca, para a Turma do Patinete, foi adiado para terça-feira. Para a caminhada é importante que as crianças venham com calças confortáveis, tênis e com o repelente já aplicado. O lanche será coletivo. Evitem atrasos, pois sairemos, pontualmente, às 8h.

Silêncio e Som

Com o Jean, a Turma do Raio experimentou escutar alguns sons que podemos extrair de elementos da natureza. Munidas de sementes, folhas, gravetos, conchas, pedrinhas, as crianças exploraram suas possibilidades, aguçando os ouvidos para perceber o som produzido e a presença do silêncio.
O passeio à Floresta da Tijuca foi adiado para terça-feira. Para a caminhada, é importante que as crianças venham com calças confortáveis, tênis e com o repelente já aplicado. O lanche será coletivo. Evitem atrasos, pois sairemos, pontualmente, às 13h30.

Gruta dos Morcegos

A Turma do Sol foi passear na Floresta da Tijuca e vivenciou uma gostosa aventura na trilha da Gruta dos Morcegos. As crianças criaram um texto coletivo sobre esse dia especial: Vejam um trecho:

"... Quando chegamos à gruta, a entrada era pequena e estreita. Precisamos entrar com muito cuidado. Lá dentro era bem grande! A luz do sol passava por um buraco lá no teto. Tinha um desenho de cavalo na parede mas, não era um desenho rupestre e o nosso guia José não sabia quem tinha feito. A parede era meio molhada e caíam pingos de água do alto..."

Certamente essa experiência tornou as pesquisas sobre o projeto mais significativas para a turma.

Ensino Fundamental

Olha, Olha a Bola!

Um dos materiais mais usados pelas crianças de F1 a F5 no Pereirão é a famosa "redonda", nossa velha conhecida, a bola. Mas quem será que a inventou? Que tipos de bolas as crianças conhecem? Renata e Renato lançaram a pergunta e aguardam o retorno da pesquisa na próxima semana.

Reunião de Pais das F3

Nossa reunião será quinta-feira, dia 12, às 19h.

Invenções nas F1

As crianças das F1 se dividiram em grupos para criar inventos com diferentes materiais como copos plásticos, palitos de sorvete e churrasco, tecidos, balões, fitas etc. Mesmo tendo usado os mesmos materiais, cada grupo idealizou uma invenção diferente. Todos perceberam que, juntando suas ideias, poderiam criar coisas variadas para divertir ou auxiliar o homem. No final, cada grupo apresentou seu invento para a turma e, em seguida, registraram a atividade no caderno de projeto. Foi um dia divertido!

Movimento Pendular

Nas aulas de dança, dialogando com o projeto das F1, pesquisamos o movimento do pêndulo. As transferências de peso, de um lado para o outro, trouxeram para o corpo um entendimento do que seria o movimento. Posteriormente, assistimos a um trecho do espetáculo "Sonhos de Einstein", da Intrépida Trupe, no qual os bailarinos se penduram em cordas realizando movimentos similares. No tecido, pendurado no salão, as crianças tentaram reproduzir e recriar o que assistiram.

Avião Misterioso

Um avião gigante, de papel, entrou, de repente, pela janela da sala da F2 com os dizeres: “Existirão asas! Se a façanha não couber a mim, caberá a outro.” Todos ficaram intrigados. Foram, então, à sala dos computadores para descobrir quem era o autor da frase e recorreram às ferramentas de busca e pesquisa na internet. Depois de descobrir a autoria, visitaram o site da Ciência Hoje das Crianças para encontrar algumas informações sobre ninguém mais que o gênio Leonardo da Vinci! A pesquisa foi muito bacana e, em duplas, as crianças leram e selecionaram as informações com muita desenvoltura. Depois, em casa, pesquisaram imagens de inventos de Da Vinci e a troca em sala foi muito rica.

Voo das Aves

Inspirados em Da Vinci, que observava a natureza para elaborar seus inventos, as F2 assistiram a alguns vídeos, no YouTube, que mostravam o voo de algumas aves. Observamos o movimento e a curvatura das asas desses pássaros enquanto voavam. As crianças aplaudiram, emocionadas!

Do Outro Lado do Mundo

Esta foi uma semana de muito estudo para as F3. Depois de pesquisar, na sala de computadores e em casa sobre os inventos chineses, os grupos escolheram suas invenções e produziram cartazes com ilustrações, colagens, informações e apresentaram à turma as criações que vieram do outro lado do mundo e fazem parte da nossa vida. Já pensou viver sem papel, macarrão, sorvete, pipa, cerâmica, bicicleta, bússola?

Números Grandes

As crianças das F4 se aventuram no universo numérico criando intimidade com os "números grandes". Estudam suas classes e ordens; os decompõem, os compõem e os escrevem por extenso. E ainda descobrem enigmas matemáticos com o uso do Quadro Valor de Lugar. Essas atividades ampliam os conhecimentos que já possuem sobre o nosso sistema de numeração.

História da Dança

A poesia "Quem inventou a dança?" do livro adotado pelas F4 "É tudo invenção", de Ricardo Silvestrin, foi nosso ponto de partida para conhecermos alguns momentos da história da Dança. Na semana passada, conhecemos um pouco sobre a Dança Primitiva e os registros nas pinturas rupestres. Nesta, pesquisamos sobre o Balé Clássico. Lemos a sua história, assistimos a vídeos e experimentamos as posições de pés, braços e alguns saltos vigorosos mostrados por Mikhail Baryshnikov. Semana que vem conversaremos sobre a Dança Moderna.

Como Fazíamos sem... Cinema

A leitura do livro "Como fazíamos sem", de Bárbara Soalheiro, nas F4, será o ponto de partida para pensarmos em como era a vida sem tantos objetos que atualmente facilitam o nosso dia a dia. Queremos provocar discussões sobre a importância da evolução dos meios de comunicação, um dos temas abordados no livro, e refletir sobre a necessidade do homem em se comunicar através das imagens desde os tempos da pré-história. E, dentre tantas possibilidades, eleger e traçar um olhar mais cuidadoso para a história do cinema.

Emília no País da Gramática

As F5 já entraram nas aventuras de “Emília no País da Gramática”! Acompanhando a leitura, temos as apostilas de estudo dirigido que vão trazendo propostas para ampliar as reflexões e sistematizar as convenções e nomenclaturas da Língua. A primeira traz uma ampla discussão sobre a Língua como algo vivo e também como identidade cultural de um povo.
Com Lobato tão presente em nossa sala, queremos aproveitar para fazer, nas próximas Bibliotecas, empréstimos só de seus livros. Para isso acontecer, pedimos às famílias, que puderem, que emprestem livros de casa para uma ciranda na turma, pois o acervo da escola não consegue atender às três turmas ao mesmo tempo.

Processo Criativo

Nas aulas de Dança das F5, depois de conversarmos sobre os diferentes caminhos no processo criativo, pedimos às crianças que escolhessem um ponto de partida para uma composição coreográfica: uma música, um objeto, um poema, qualquer elemento que auxiliasse na construção. A maioria escolheu a música como fonte de inspiração e muitos dos movimentos trazidos pelas crianças serão incorporados ao nosso próximo trabalho.

Cartas Coloridas

Como sabemos, os jogos não podem faltar nas nossas aulas de Matemática! O jogo da vez, nas F5, foi o "Cartas Coloridas", que faz parte do material complementar do livro didático adotado. Nesse jogo, o participante precisa utilizar o seu conhecimento sobre multiplicação por 10, 100 e 1000, além de realizar adições e mudanças de ordem necessárias para formar o seu número. O que pode parecer uma tranquilidade com as cartas de 0 a 9 transforma-se em um grande desafio quando são sorteadas as de 10 a 15! Vejam as fotos e joguem também em casa!

Língua Portuguesa

As F6 estudaram, através de algumas propostas do livro didático, as linguagens verbal e não verbal como formas de comunicação e interação entre as pessoas. Trabalhamos, também, a leitura e a interpretação dos textos “Da utilidade dos Animais” e “A incapacidade de ser verdadeiro”, de Carlos Drummond de Andrade. Além disso, começamos a leitura de “A filha do fabricante de fogos de artifício".
Nas F7 começamos um trabalho de reconhecimento dos três tempos verbais básicos e das particularidades do verbo em relação à estrutura e à regularidade / irregularidade. Em grupos, a partir do estudo do mito como gênero, os alunos produziram um texto em torno da construção de um deus ou de um herói. Estamos no princípio da leitura de "George e o segredo do Universo".

Geografia

Nas F6 iniciamos nosso trabalho sobre paisagem geográfica a partir de uma seleção de fotografias disponíveis no site da escola. Aprendemos a identificar e diferenciar elementos naturais e culturais presentes nas paisagens, diferenciar paisagens urbanas e rurais e reconhecer contrastes sociais e temporais que as paisagens revelam.
Nas F7, a partir da análise de mapas, trabalhamos o processo de formação do território brasileiro com o objetivo de compreendermos melhor o Brasil de hoje e a constituição de suas diferentes regiões.
Nas F8, como parte de nossa discussão sobre desenvolvimento e subdesenvolvimento, trabalhamos o conceito de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e realizamos trabalhos de interpretação de gráficos, tabelas e mapas de IDH do Brasil e de diferentes países do mundo.

De Todos

Indicação

Micael (F2M) indica a peça de teatro "Cabeça de Vento", do grupo Pandorga Companhia de Teatro. Sábados e domingos, às 16h, no Centro Cultural Justiça Federal.