Pesquisa

Navegação

Principal
A Escola
Informações
Informes e Relatórios
Mural
Trabalhos dos Alunos
Espaço do Aluno
Atividades Extras

Calendário

Setembro
D S T Q Q S S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
 
Outubro
D S T Q Q S S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
 
Novembro
D S T Q Q S S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
 
Dezembro
D S T Q Q S S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
 

Todos os eventos

Informe 944 (link)

Publicado em 14/9/18
Semanalmente é enviado por email um Informe com textos escritos pela direção, professores e alunos, com o objetivo de partilhar as experiências mais significativas da semana de cada turma. Procuramos fazer com que toda a comunicação escola/casa esteja nele. Ele é publicado, também, aqui na página da escola às sextas-feiras.

É Festa!

Vamos comemorar o Dia das Crianças e nossos 70 anos numa linda festa no dia 6/10, sábado, no Jardim Botânico, e torcer para ser um dia lindo para brincar, cantar, dançar, contemplar a natureza e passear juntos. Em caso de chuva, adiaremos o evento para o dia 20/10.
No Fundamental I, a programação começará às 10h30 com apresentação especial do Coral de alunos da F4 e F5. Depois teremos diversas atividades pelo parque: trilha, ioga, pintura corporal, malabares, poesia, incluindo também contações de histórias.
Como o Jardim Botânico - que está na memória de muitos de nós e na memória da cidade - é um museu vivo, um espaço de ciência e pesquisa, a direção nos pediu para lembrar suas regras aos convidados.
Não pode: patinete, balão, bola, alimentos no arvoredo. Mas há restaurantes e lanchonetes perto da entrada do Centro de Visitantes, além da lanchonete dentro do parque infantil. No site (link) tem mais informações.
Anotem algumas dicas ou sugestões.
Como se preparar: roupas e calçados confortáveis, garrafinha d'água, canga, uma noite de sono bem dormida e, para quem precisa, o despertador para não perder a hora.
Informações: nossos funcionários estarão uniformizados com camiseta azul; no Facebook da escola, postaremos a programação detalhada; e enviaremos em papel pelas agendas. Verifiquem no mapa do Jardim Botânico recebido o ponto de encontro do seu grupo para planejar o percurso.
Como chegar: sugerimos o uso de transporte público ou bicicleta.
Educação Infantil e F1 - das 9h às 10h30.
Fundamental I - das 10h30 às 12h.
Fundamental II - das 12h às 13h30.
Cheguem com 40 minutos de antecedência para poderem comprar os ingressos a tempo de apreciar a exposição Memória da Sá Pereira no corredor cultural. Os preços dos ingressos são: R$15,00 (inteira); R$7,50 (meia). Crianças até 5 anos têm gratuidade.
Não percam! #sapereira70anos

Liberdade e Segurança

O Papo Aberto que teve como tema Entre Liberdade e Segurança: a Questão dos Limites na Vida Real e no Espaço Virtual, com Benilton Bezerra Jr., foi uma oportunidade preciosa para pais e mestres de nossa escola. Benilton nos presenteou com uma retrospectiva histórica, trazendo inúmeras referências e relações com diferentes áreas do conhecimento.
Provocou reflexões importantes sobre a dificuldade dos pais - e que podemos estender também para nós, educadores - em suportar o ódio dos filhos/alunos quando colocamos com firmeza os limites necessários; sobre a dificuldade de lidarmos com frustrações, nossas e de nossos filhos, num tempo marcado pela utopia da alegria e do bem estar constante, da juventude eterna e da imortalidade; sobre a importância de os adultos ocuparem sem culpa o lugar da lei e do limite.
Chamou nossa atenção, em particular, a fala de Benilton sobre a necessidade de o professor reconquistar o reconhecimento e a valorização de mestre, e não a de prestador de serviço que podemos constatar na atualidade. Um mestre que possa inspirar e fomentar o pensamento crítico e o desenvolvimento moral dos alunos.
Destacamos também compreensão de Benilton sobre a função da escola: levar o aluno a aprender a pensar, pesquisar, organizar, criticar, perguntar, refletir, dando voz às crianças e adolescentes, contrapondo-se à tendência de simples transmissão de informações e conteúdos que podem ser encontrados com apenas um toque na internet; e de fazer presentes no diálogo todas as questões inerentes à convivência humana, de forma virtual ou presencial.
A escola como espaço de convívio, no qual o exercício de dizer e ouvir “não” possa favorecer a autonomia e a liberdade. Onde a solidariedade e o compromisso com o coletivo sejam valores inegociáveis.
Enfim, a contribuição de Benilton foi inestimável e muito nos ajudará a continuar refletindo sobre questões fundamentais para a educação contemporânea.
Esperamos vocês no próximo Papo Aberto, dia 10/10, com Carlos Alberto Mattos e o tema Adolescência em Tempos Líquidos.

70 anos - Anos 90

Durante a década de 90, mantendo o compromisso de formação permanente de nossa equipe, contribuições de outros teóricos e pesquisadores da educação e de outras áreas do conhecimento foram influenciando e transformando nosso trabalho. As pesquisas de Piaget e de seus colaboradores deram-nos suporte para a compreensão do processo de pensar, elaborar e transformar o conhecimento. A Pedagogia de Projetos, de Josette Jolibert; os Projetos de Trabalho, de Fernando Hernández e Montserrat Ventura; o Enfoque Globalizador, de Antoni Zabala, inspiraram nossa proposta de estudo e pesquisa através de projetos.
Paulo Freire, Freinet e Vygotsky fizeram com que, gradativamente, buscássemos uma escola mais contextualizada do ponto de vista histórico e social, mais comprometida com a construção democrática, de modo a valorizar ainda mais a voz dos alunos e incentivar sua participação em eventos que marcaram nossa história.
Assim, nos envolvemos com a Campanha Contra a Fome, do Betinho; estivemos presentes no evento Terra e Democracia; na Eco 92, realizamos nossa Primeira Gincana da Cidadania, na Lagoa; e comemoramos, em 1998, os 50 anos de nossa escola, com um ciclo de mesas-redondas sobre Arte e Educação, festas de ex-alunos e pais e festa para os alunos com direito a bola e bolo!

70 Anos - Os Anos 80

Os anos 80 foram marcados pelos Centros de Interesse, inspirados no educador belga Ovide Decroly (1871-1932). Mas já escolhíamos um tema anual para ser pesquisado por toda a escola. Assim, vivemos Cor, Forma, Ritmo e Som, que nos rendeu o primeiro desfile do bloco de carnaval da Sá Pereira; Os Materiais, que nos levou para a pracinha do Largo dos Leões com as Festas do Barro, do Papel, da Borracha...; Terra, Fogo, Água e Ar, que comemorou a chegada da Primavera no Parque Lage; Gente Diferente, que se desdobrou na publicação de um livro com textos dos alunos e fotos de Cludelson do Amaral; Brasil, que ganhou a primeira versão de Arena Conta Zumbi e uma viagem inesquecível com todos os alunos de primeira a quarta série a Ouro Preto! E outros temas já difíceis de serem recuperados pela memória.
Vivemos muitas festas pedagógicas, juninas, colônias de férias no Sítio São João. Mais precioso, porém, é o acervo musical deixado por Ana Moura. Para cada Centro de Interesse, uma série de composições infantis que renderam festas lindas e permanecem no repertório afetivo de professores e alunos da Sá Pereira. As músicas encontram-se no mural do nosso site para quem quiser apreciar (link).

70 anos - 60 e 70

Folheando agora os álbuns das décadas de 60 e 70, encontramos muitas preciosidades. Muita gente querida, gente que já voltou com os filhos e netos! Foi nesse período que a Sá Pereira deixou de ser Escolinha de Música para virar uma escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental, mantendo seu diferencial: a atenção especial às artes. Quem será que se reconhece nas fotos? Que lembranças vocês ainda guardam desse tempo da infância?

70 Anos de Arte e Educação

Revisitando os álbuns antigos de nossa escola, encontramos imagens que representam nosso percurso. Vamos compartilhando aos poucos essas imagens durante esse período de comemorações. As de hoje são das décadas de 50 e 60.
Agradecemos a adesão de muitos pais e professores ao Papo Aberto - O Corpo na Arte e na Educação, que acontecerá na próxima quinta-feira. Adoraríamos ter conseguido um espaço que pudesse acolher todos os interessados e pedimos desculpas aos que não conseguiram se inscrever dessa vez. Na programação comemorativa dos 70 anos de nossa escola, prometemos outras oportunidades, momentos de reflexão sobre temas importantes para nossa comunidade escolar e festa! Em breve divulgaremos.

Redução dos Descartáveis

Depois de muito tempo gestando o desejo, conseguimos inaugurar uma campanha de redução do uso de copos descartáveis na escola. A escola produziu copos para todos os alunos e funcionários. A Pereirinha teve teatro, a Pereira teve conversa e cálculo de lixo produzido, a Pereirona teve conscientização sobre sustentabilidade e responsabilidade. Cada faixa etária dentro das suas possibilidades.

Leitura Importante

Os Documentos Principais que norteiam as ações e posturas pedagógicas da escola são leitura de suma importância. Constam no nosso site e são mencionados no contrato de prestação de serviços.

Projeto Institucional e Lista de Material 2018

Depois de muitas sugestões, debates e votações, chegamos ao título do Projeto 2018: Da Cabeça aos Pés: que Histórias o Corpo Conta?
A justificativa está publicada neste link.
As listas de material também já estão publicadas: link. No canto superior direito há um "botão" PDF que gera um arquivo para ser impresso.

Currículo de Procedimentos

Da Educação Infantil até o Ensino Fundamental II, fizemos a opção de trabalhar com a pedagogia de projetos e, para desenvolvê-los, pensamos coletivamente sobre quais os procedimentos necessários para que os estudantes se tornem autônomos em suas pesquisas e estudos, de F1 a F9.
Assim, com a assessoria da professora Keila Grinberg, entre 2013 e 2014, foi elaborada coletivamente uma proposta de organização curricular por procedimentos de pesquisa e tratamento da informação. Tal documento nos ajuda a pensar e planejar ações e desenvolver habilidades para a elaboração dos projetos de pesquisa com os estudantes.
É muito importante que a comunidade escolar conheça e se aproprie do documento, com vistas a acompanhar o processo de pesquisa dos estudantes ao longo dos nove anos do Ensino Fundamental e para desenvolver estratégias de apoio ao estudo em casa.
Acesse e conheça o documento (link) na integra.

Sede da Martins Ferreira

O endereço da casa nova é Rua Martins Ferreira, 61.
Telefones: 3851-6821 e 3851-6807.