Notícias de 9 de Agosto de 2019 - Ano XXVI

Avisos EFI

Passeio das F2

F2
As F2 visitarão o Instituto Cultural Ricardo Cravo Albin, local que acolhe o acervo do antigo Museu do Rádio.
Cada aluno deve trazer seu lanche e sua bebida em uma bolsa pequena, que possa ser carregada com autonomia. Antes da visitação, as crianças lancharão e brincarão na Praia da Urca, em frente ao Instituto.
F2AT - 13/8 (ter)
F2BT - 15/8 (qui)
F2M - 20/8 (ter)

Reunião de Responsáveis F5

F5
No dia 22/8, quinta-feira, às 18h, teremos Reunião de Responsáveis das F5.
Após a reunião, a equipe de Coordenação e Orientação do Fundamental II convida os responsáveis para um novo encontro de apresentação deste segmento.
Lembramos que nesse horário não temos funcionários disponíveis para cuidar das crianças. Por isso, não é possível a presença delas durante as reuniões noturnas.
A presença de todos é muito importante!

Passeio das F5

F5
As F5 visitarão a revista Piauí. Cada aluno deve trazer seu lanche e sua bebida em embalagem descartável, numa bolsa pequena, que possa ser carregada com autonomia.
F5M - 19/8 (seg). Como a revista só funciona à tarde, a F5M precisará fazer uma mudança de turno: das 12h45 às 17h30.
F5T - 20/8 (ter)

Sobre as Turmas

Ainda Sobre a Capa da Agenda

Fundamental I e II
Demos continuidade ao trabalho com a capa da agenda nas aulas de Artes. Alguns alunos trouxeram de casa várias ideias já elaboradas, e outros fizeram suas composições na aula.
As propostas de ocupação desse "muro" foram as mais diversas, e demonstraram claramente o desejo de mudança, a vontade de lutar pelo planeta, pela igualdade de direitos, pela liberdade e pela vida.
Que essa geração saiba ocupar os "muros" com a voz da esperança e do amor!

Pichação ou Grafite?

F2
Após observar a capa da agenda, as F2 uniram arte e reflexão nas discussões. Conversamos sobre as diferenças entre o grafite e a pichação, compreendendo melhor as características dessas formas de expressão.
Analisamos imagens de poluição visual, manifestações políticas, desenhos e frases soltas sem significados claros. Compreendemos que alguns artistas utilizam o grafite para expressar críticas políticas ou sociais, de forma criativa, direta e com preocupação estética. Notamos que essa escolha é diferente de rabiscar ou sujar os ambientes.
Conversamos também sobre vandalismo e preservação. Depois do bate-papo, veio a pergunta: qual mensagem as F2 gostariam de deixar registrada no muro da imagem da capa de suas agendas? Frases com positividade e respeito foram destaques nesse trabalho.

Wordsearch

F2
As F2 tiveram a oportunidade de experimentar uma divertida atividade de revisão: confeccionar um caça-palavras sobre colors, numbers e vocabulário referente ao projeto. Dispuseram as palavras de maneiras variadas e bem escondidas para o colega jogar.
Uma experiência incrível, que ajudou os estudantes a planejar, elaborar, compartilhar e brincar!

Esquema Corporal

F2 e F3
Nas aulas de Dança de F2 e F3, começamos o semestre fazendo mímica do momento mais significativo das nossas férias. Teve criança rolando em dunas, indo ao cinema, encontrando amigos, brincando na areia etc. Pelo breve recorte, percebemos que não faltou diversão nem alegria nesse recesso.
Nomeamos as partes do nosso corpo e conversamos sobre movimentos dissociados. Nossos alunos dançaram deixando um balão tocar ora só no cotovelo, ora só na cabeça, ora só no joelho... E assim por diante.

Aprendendo as Horas

F3
Usar um relógio analógico - ou de ponteiro, como muitos o chamam - para descobrir que horas são não é nada fácil. São muitos os números e os tracinhos a serem decifrados.
As F3 estão encarando esse novo desafio e se saindo muito bem. Já podem se arriscar a entender qualquer relógio e organizar melhor o seu tempo.
Dever de casa para deixar a garotada craque na Matemática das horas: que horas são? Quantas horas faltam para irmos ao cinema? A que horas temos que sair para chegar pontualmente? Daqui a 15 minutos me lembre de...
Assim, estimulamos as crianças a se apropriar cada vez mais do relógio e otimizar seu tempo disponível no dia a dia.

Visiting the Library

F3
As F3 foram apresentadas aos livros em inglês na Biblioteca. Cada dupla escolheu um livro para partilhar a história com a turma, em português, e ler alguns trechos em inglês.
As crianças riram, se surpreenderam, reencontraram velhos conhecidos e demonstraram o desejo de levar os livros para empréstimo e conhecer outras leituras.
A ida à Biblioteca inaugura um segundo semestre que será regido pela leitura de contos, poemas, manuais e reportagens.

Visita de Estudo

F3M
As crianças da F3M receberam a visita da Ana, professora de História, avó do Miguel Aquino. Ana veio contar a história da fundação da cidade do Rio de Janeiro. Foi uma manhã muito rica em conteúdos, que levou nossas crianças a buscar conhecimentos prévios para entender os fatos históricos posteriores à chegada dos portugueses ao Brasil.

The Gruffalo

F4
As F4 mergulharam no universo de The Gruffalo, de Julia Donaldson, contada pela professora. As crianças aprenderam a cantar a música que descreve as características físicas desse personagem meio ogro, meio monstro, que acabou sendo enganado por um ratinho muito inteligente.
Empolgadas, embarcaram na proposta de apresentar a encenação da história para as F1. Trabalharam com seriedade, registrando suas falas no caderno, e dedicaram-se à confecção dos personagens Fox, Mouse, Owl, Snake e Gruffalo, que feitos de colheres de pau.
Após alguns ensaios, mostraram o resultado de seu trabalho com muita desenvoltura. Que venham outras apresentações!

Ferramentas Colaborativas

F4M
A F4M experimentou um desafio: como os grupos de trabalho poderiam revisar seus diferentes textos simultaneamente? A tarefa foi viabilizada pelo uso do Google Drive, no qual os alunos acessaram os cordéis, textos elaborados em grupos alguns dias antes, pelas mesas de trabalho da turma.
Nessa fase da atividade, os textos, devidamente digitados pelas crianças, passaram por edição conjunta. Os alunos tiveram a oportunidade de olhar e fazer comentários sobre a produção de outros textos da turma. Além de se colocar à disposição para perceber o trabalho do outro, o objetivo de produzir um trabalho de forma colaborativa também esteve presente.
Oferecemos, aqui, uma "casquinha" do que estamos construindo:

Trecho do cordel A Vida de Gutenberg

"Ele fez de tudo
Fez até invento novo
que mudou nosso mundo
E para sempre nosso povo

Foi gráfico e gravador
Trabalhador e inventor
Tanto fez no mundo
Foi um grande transformador"

Jogos Matemáticos

F4T
O trabalho diversificado é uma forma de multiplicar tarefas e observar o desenvolvimento das crianças em grupos menores. A F4T reorganizou a disposição das mesas para retomar o estudo do Sistema de Numeração Decimal através dos jogos matemáticos, poderosos recursos pedagógicos que auxiliam, de forma lúdica, o trabalho de construção dos conhecimentos matemáticos.
O objetivo foi trabalhar com agrupamentos de 10 e com a composição de números com algarismos móveis. Cada grupo foi instigado a aumentar cada vez mais seu campo numérico e observar os números formados.
As provocações dos professores fizeram com que a turma aprofundasse ainda mais o conhecimento acerca do assunto.
Seguimos multiplicando aprendizagens.

Dinâmica das Cadeiras

F4 e F5
Nas aulas de Dança de F4 e F5, nossos alunos fizeram uma roda de cadeiras e, apoiados uns nos outros, precisaram de força, equilíbrio e confiança para manter a posição, mesmo depois de as cadeiras terem sido retiradas.
Depois levantaram hipóteses, pesquisando conceitos que ajudassem a entender por que a roda se mantém mesmo sem o apoio das cadeiras, e o que a faz cair.

Retomando a Cantoria

F4 e F5
O Coral retomou as atividades assistindo a vídeos de corais infantis e juvenis de vários países. Nossa regente participou do festival internacional Summa Cum Laude, na Áustria, e trouxe uma porção de novidades para compartilhar com as turmas.
Nossos coralistas aprenderam novos aquecimentos vocais e, dentre outros vídeos, conheceram o do coral infantil Schedrky Choir, um grupo ucraniano muito tradicional em seu país. Tivemos uma boa conversa sobre as diferenças entre cantar em coro e cantar sozinho e falamos sobre o que há em comum entre o som do nosso coral e os dos corais que conhecemos nos vídeos.
Em seguida, começamos a cantar nosso novo repertório, que inclui jingles famosos da época do rádio.

Construções Narrativas

F5
As F5 vêm observando e trabalhando formas de descrição nos textos narrativos. Durante o apoio em Língua, o grupo recebeu a tarefa de, a partir de uma tirinha do Calvin, produzir uma história escrita.
Esse tipo de atividade já era velha conhecida de todos, mas dessa vez o desafio maior foi transformar os aspectos não verbais da tirinha em texto escrito de forma detalhada.
Como descrever expressões faciais, cenários, sentimentos e sensações de personagens desenhados? Montamos um banco de palavras que ajudam a descrever e outras que servem para dar coesão ao texto, como os conectivos. Os textos produzidos foram revisados coletivamente e, na volta às aulas, a turma toda entrou na brincadeira.
Na F5M, as histórias criadas no apoio foram distribuídas para a turma, para que fosse feito o caminho inverso: os estudantes deveriam (sem conhecer a tirinha original) transformar os textos escritos em novos quadrinhos. O objetivo era levá-los a perceber o que as palavras davam conta de descrever e como isso poderia ser transformado em linguagem não verbal.
Em seguida, os alunos registraram no caderno as discussões surgidas em sala sobre os bons recursos usados pelos colegas e o que poderia ter sido mais detalhado para que o leitor conseguisse mergulhar no universo da história. Esse registro ajudará nas produções futuras.
Na F5T, as crianças receberam, em duplas, a tarefa de criar uma história a partir do enredo do quadrinho. Era necessário pensar o cenário, as sensações envolvidas, os personagens, além, é claro, de produzir uma introdução elaborada (assunto muito discutido desde o início do ano).
Sugerimos que se imaginassem como um drone entrando no ambiente a ser descrito, visualizando tudo o que estava acontecendo e relatando da forma mais detalhada possível.
Com atividades como essa, as crianças vão, aos poucos, pensando e descobrindo ainda mais estratégias e recursos narrativos, e assim conhecendo a própria escrita e identidade literária.

De Todos

Projeto Chutebol

Fundado pelo professor de Educação Física, psicomotricista e psicanalista Rodrigo Tupinambá Carvão, o Projeto Chutebol é uma escola de futsal que aposta no brincar e no amadurecimento psicomotor, para que a experiência da competição contribua com a saúde da criança e do adolescente.
Vale destacar as turmas femininas recém-abertas:
Infantil (6 a 10 anos) - quartas e sextas-feiras, às 18h15.
Adolescente (11 a 15 anos) - quartas e sextas-feiras, às 17h15.
Clube Militar da Lagoa (Rua Jardim Botânico, 391, em frente ao Parque Lage).
Alunos e alunas da Sá Pereira têm matrícula grátis.
Mais informações: 98846-2595
projetochutebol.com.br / facebook.com/Chutebol.

Aniversários

De 10 a 16 de Agosto

10 Olivia Jobim E Souza Borges da Silva F5M
10 Luiza Carvalho da Rocha Wine F3M
10 Isabel Grillo Klejnberg TAT
11 Noah Keivsaila dos Santos Chea F1AT
11 Francisco Pimenta Lédo Chaves F2BT
12 Eduardo Erminio dos Santos AUX
13 Clara Monteiro Gonçalves TCT
15 Alexandre Martins AUX
16 Clara Accioly Coutinho TET