Notícias de 9 de Agosto de 2019 - Ano XXVI

Avisos Pereira

Garrafas

Pereira
Pedimos que enviem para a escola garrafas pet, de preferência transparentes, para uma pesquisa sonora nas aulas de Música.

Figurino para F1

F1
Para realizar um registro fotográfico nas aulas de Dança, pedimos que todas as crianças de F1 tragam, na próxima semana, uma camiseta e um short ou calça legging, todos pretos e sem estampa.
As roupas devem estar identificadas com o nome da criança, pois ficarão na escola até a conclusão da atividade.

Passeios F1AM e F1BM

Turmas da Leitura e da Placa
As turmas da Leitura e da Placa irão ao Parque Lage ouvir algumas histórias na Oca Cupixaua e farão um lanche coletivo diferente. Enviaremos pelas agendas as sugestões.
Turma da Placa - 12/8 (seg)
Turma da Leitura - 14/8 (qua)

Sobre as Turmas

Primeiros Desenhos

Turma da História
Depois de apreciar a imagem da capa da agenda, algumas perguntas começaram a povoar as cabecinhas das crianças da Turma da História: quando será que as pessoas começaram a se expressar através de desenhos? O que desenhavam? Que materiais usavam? Será que era parecido com o trabalho d'Os Gêmeos?
Algumas crianças logo falaram em homens da caverna e em tintas feitas com elementos da natureza, como frutas e flores. Resolvemos então ir em busca dessas respostas de um jeito divertido, preparando, no pátio, uma brincadeira que simulava um dia na pré-história. Ao final de uma caminhada sensorial, passando por pedras, água e folhas, a turma chegou a uma caverna cheia de pinturas rupestres. As crianças se depararam também com os restos de uma fogueira, carvão, água e clara de ovo. Com esses materiais prepararam tinta para a grande farra que estava por vir: pintar as paredes usando as mãos e os gravetos.
Dessa forma lúdica, confirmaram algumas hipóteses: sim, foram homens e mulheres da pré-história que fizeram os primeiros registros em desenho de que se tem notícia, criando tintas com o que tinham ao seu redor. Mas afinal, que desenhos eram esses? Por que faziam em cavernas? Que outras cores usavam?
Nessa viagem no tempo, dos muros da cidade aos muros das cavernas, entraremos em contato com a invenção da tinta e com formas de expressão que ela possibilitou ao longo da nossa história.
Pintou um projeto!

O Livro e Suas Histórias

Turma da Mímica
As crianças da Turma da Mímica vêm demonstrando maior interesse pelos livros e suas histórias. Iniciamos as nossas conversas com uma pergunta que aguçou a curiosidade da meninada: para que serve um livro? Listamos as hipóteses e os conhecimentos que elas possuem sobre esse objeto, que é um dos grandes tesouros da humanidade:
"Para imaginar."
"Para aprender as coisas que a gente ainda não sabe e aprender a ler."
"O desenho do livro comunica."
"Para estudar."
"Serve para contar histórias para dormir."
"Ajuda a lembrar do nosso passado."
"Os adultos às vezes lembram dos livros de quando eram pequenos."
"Quando a gente está doente, ouve uma história e se sente melhor."
"Livros sem palavras servem para contar e inventar histórias."
"Quando a gente lê, a gente viaja no pensamento."

Para que Serve um Livro, de Chloé Legeay, ajudou o grupo a pensar na importância do livro e da leitura em nossas vidas e despertou outras curiosidades nos pequenos: Como surgiu o livro? Como era feito? Para responder a estas e outras curiosidades, vamos viajar no túnel do tempo.
Aos poucos o projeto vem ganhando corpo e enriquecendo nosso conhecimento e aprendizado.

Palavras e Poesia

Turma do Jornal
Com olhares e ouvidos aguçados após uma roda de conversa sobre a capa da agenda, a Turma do Jornal chegou à conclusão de que as palavras comunicam, estão em muitos lugares e podemos encontrá-las escritas de diferentes maneiras.
A leitura de poesias vem fazendo parte do dia a dia da turma e encantando as crianças através de seu caráter lúdico e brincante com as palavras. Ao percebermos esse encantamento, apresentamos o poema Bernardo, de Manoel de Barros, na versão musicada de Márcio de Camilo, que fez um grande sucesso entre as crianças. O desejo de embarcar nesse clima foi tanto que os pequenos levantaram a hipótese de que a poesia seria uma forma diferente de se comunicar. Refletimos sobre o que é poesia e o que ela comunica.
"São rimas bonitas."
"São palavras bem mais bonitas do que as que usamos todo dia."
"É uma palavra fingindo ser música."
"São palavras que saem do coração e comunicam se estamos felizes ou tristes."
"Não são só palavras."
"Poesia são coisas que falamos, mas não é qualquer coisa."
"São palavras que falam de tristeza ou felicidade."

Registramos essas hipóteses e a poesia Bernardo no blocão. Sublinhamos e circulamos palavras importantes e características observadas nesse gênero textual. Em seguida, numa bolsa surpresa, vimos alguns livros e fotos do poeta Manoel de Barros e demos início à leitura de Exercícios de Ser Criança.
Envolvidos por esse universo, seguimos costurando caminhos para o novo projeto da turma.

The Gruffalo

F1
As duas últimas semanas foram incríveis para as F1, e as crianças já deram o tom de como vai ser nosso segundo semestre: mais brincadeiras, histórias e descobertas!
Começaram com uma proposta preparada pelos próprios colegas: cada turma gravou em inglês a localização de um tesouro escondido e cada grupo teve que escutar os comandos e procurá-lo por toda a casa.
As crianças conheceram também o premiado livro The Gruffalo, de Julia Donaldson e Alex Scheffler. Na contação, divertiram-se muito associando os sentimentos dos animais que caem na lábia de um esperto ratinho. "The fox is angry" "The owl is surprised" "The snake is scared" "The mouse is hungry and happy"...
Além da saborosa história, a turma recebeu uma visita muito especial: as F4 vieram à Pereira apresentar a peça dessa mesma história, em inglês!
Compreender a língua em outros contextos deixou as crianças bem felizes!

Narrativas Orais

Turmas da Leitura e da Placa
As turmas da Leitura e da Placa mostram interesse pelas histórias da tradição oral. Para sensibilizar os grupos, preparamos uma aula especial de biblioteca, contando a lenda indígena do uirapuru.
A vasta cultura dos povos nativos e os animais que povoam os mitos e lendas se fizeram presentes nas discussões em sala de aula.
Após um significativo registro no caderno de Projeto, as crianças trouxeram novos materiais para estudo. Miguel (F1AM) compartilhou objetos do povo ticuna; Sofia (F1BM) apresentou um apito com som de pássaro; e Laura (F1BM) favoreceu a pesquisa com o livro Aves do Cristalino Lodge, de Edson Endrigo Bradley Davis.
Início animado para um semestre de muita cultura e conhecimento.

Projeto a Caminho

Turma do Pombo-correio
A Turma do Pombo-correio iniciou um gostoso bate-papo sobre o que gostaria de pesquisar neste semestre.
Entre muitas sugestões, o desenho animado e o cinema como formas de comunicação despertaram a curiosidade e o interesse de todos.
Registramos as hipóteses das crianças sobre as utilidades dessas formas de arte, as maneiras como podem ser produzidas, sua importância como objeto comunicativo e que sentimentos e emoções podem causar nos espectadores.
Ainda nesse clima, a turma conheceu o KinoLivro, coleção de flip books de Mariana Zanetti com uma sequência de desenhos que, quando passamos rapidamente as páginas, dão o efeito de animação, que as crianças chamaram de pequeno filme.
Temos um novo projeto a caminho

Tempestade

Turma do Recado
Ocupando os espaços da nova sala, a Turma do Recado fez uma roda e iniciou uma tempestade de ideias para o novo projeto do grupo.
Pensar em curiosidades, desejos relacionados à comunicação, lembrar o que aprendemos e já temos de informação foi um exercício e tanto para seguirmos em frente.
Palavras muito interessantes surgiram do pensamento de nossas crianças e percebemos que estão ligadas a objetos eletrônicos, técnicas de arte, corpo e ciência. Que boa mistura podemos fazer para uma pesquisa?
Depois de muitas hipóteses, as perguntas que ficaram foram: afinal, o que significa tecnologia? O que ela tem a ver com comunicação? O que será que vamos estudar no segundo semestre?
As crianças falaram com carinho, também, dos amigos Pepe, que ainda não retornou das férias, e Tereza, que foi morar em São Paulo. Que saudade!

Dança e Música

Esquema Corporal

F1
Nas aulas de Dança das F1, começamos o semestre fazendo mímica do momento mais significativo das nossas férias.
Teve criança rolando em dunas, viajando para Paris, encontrando amigos, brincando na areia etc. Pelo breve recorte, percebemos que não faltou diversão nem alegria nesse recesso.
Nomeamos as partes do nosso corpo e conversamos sobre movimentos dissociados. Nossos alunos dançaram deixando um balão tocar ora só no cotovelo, ora só na cabeça, ora só no joelho... E assim por diante.

Horário Extensivo

Brincadeiras

Durante toda a semana, a Turma do Horário Extensivo resgatou brincadeiras vivenciadas e listou outras de seu interesse.
Começamos com o desafio do jogo da pipoca: em dois grupos, as crianças precisavam lançar almofadinhas no campo adversário, com o objetivo de deixar a menor quantidade no campo de seu time. Foi uma alegria!
Assistimos também ao vídeo Brincadeira de Elástico, do projeto Território do Brincar: crianças brincando com elástico, o que despertou a curiosidade de todos. Levamos elásticos para o pátio e, entre pulos, giros e risadas, os pequenos se desafiaram, apreciando a novidade.
Assim, vamos conhecendo brinquedos, brincadeiras, culturas e tradições.

De Todos

Projeto Chutebol

Fundado pelo professor de Educação Física, psicomotricista e psicanalista Rodrigo Tupinambá Carvão, o Projeto Chutebol é uma escola de futsal que aposta no brincar e no amadurecimento psicomotor, para que a experiência da competição contribua com a saúde da criança e do adolescente.
Vale destacar as turmas femininas recém-abertas:
Infantil (6 a 10 anos) - quartas e sextas-feiras, às 18h15.
Adolescente (11 a 15 anos) - quartas e sextas-feiras, às 17h15.
Clube Militar da Lagoa (Rua Jardim Botânico, 391, em frente ao Parque Lage).
Alunos e alunas da Sá Pereira têm matrícula grátis.
Mais informações: 98846-2595
projetochutebol.com.br / facebook.com/Chutebol.

Eu, Mãe

Cristina Fagundes, mãe da Bruna (TAT) e da Nina (TCT), convida todos para seu solo sobre a maternidade, que acontece numa charmosa cozinha da Casa Rio.
Criando uma espécie de peça-cápsula-do-tempo, a atriz encena e registra para suas duas filhas, por meio de uma câmera, todo seu assombro com a passagem do tempo e com a maternidade recente, para que elas assistam no futuro e compreendam como a mãe delas se sentia aos 43 anos de idade.
A Casa Rio fica na Rua São João Batista, 105, em Botafogo, e comporta 25 pessoas por sessão. A peça fica em cartaz de 7 a 29/8, às quartas e quintas-feiras, às 20h. O espetáculo dura 1h.
Ingressos: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia-entrada). Cristina oferece 50% de desconto no ingresso inteiro, basta mencionar na bilheteria que são pais de alunos da Sá Pereira.
Os ingressos podem ser obtidos também antecipadamente no site
www.sympla.com.br.

Aniversários

De 10 a 16 de Agosto

10 Olivia Jobim E Souza Borges da Silva F5M
10 Luiza Carvalho da Rocha Wine F3M
10 Isabel Grillo Klejnberg TAT
11 Noah Keivsaila dos Santos Chea F1AT
11 Francisco Pimenta Lédo Chaves F2BT
12 Eduardo Erminio dos Santos AUX
13 Clara Monteiro Gonçalves TCT
15 Alexandre Martins AUX
16 Clara Accioly Coutinho TET