Notícias de 21 de setembro de 2018 - Ano XXV

Para Todos

70 anos - Anos 90

Durante a década de 90, mantendo o compromisso de formação permanente de nossa equipe, contribuições de outros teóricos e pesquisadores da educação e de outras áreas do conhecimento foram influenciando e transformando nosso trabalho. As pesquisas de Piaget e de seus colaboradores deram-nos suporte para a compreensão do processo de pensar, elaborar e transformar o conhecimento. A Pedagogia de Projetos, de Josette Jolibert; os Projetos de Trabalho, de Fernando Hernández e Montserrat Ventura; o Enfoque Globalizador, de Antoni Zabala, inspiraram nossa proposta de estudo e pesquisa através de projetos.
Paulo Freire, Freinet e Vygotsky fizeram com que, gradativamente, buscássemos uma escola mais contextualizada do ponto de vista histórico e social, mais comprometida com a construção democrática, de modo a valorizar ainda mais a voz dos alunos e incentivar sua participação em eventos que marcaram nossa história.
Assim, nos envolvemos com a Campanha Contra a Fome, do Betinho; estivemos presentes no evento Terra e Democracia; na Eco 92, realizamos nossa Primeira Gincana da Cidadania, na Lagoa; e comemoramos, em 1998, os 50 anos de nossa escola, com um ciclo de mesas-redondas sobre Arte e Educação, festas de ex-alunos e pais e festa para os alunos com direito a bola e bolo!

É Festa!

Vamos comemorar o Dia das Crianças e nossos 70 anos numa linda festa no dia 6/10, sábado, no Jardim Botânico, e torcer para ser um dia lindo para brincar, cantar, dançar, contemplar a natureza e passear juntos. Em caso de chuva, adiaremos o evento para o dia 20/10.
No Fundamental I, a programação começará às 10h30 com apresentação especial do Coral de alunos da F4 e F5. Depois teremos diversas atividades pelo parque: trilha, ioga, pintura corporal, malabares, poesia, incluindo também contações de histórias.
Como o Jardim Botânico - que está na memória de muitos de nós e na memória da cidade - é um museu vivo, um espaço de ciência e pesquisa, a direção nos pediu para lembrar suas regras aos convidados.
Não pode: patinete, balão, bola, alimentos no arvoredo. Mas há restaurantes e lanchonetes perto da entrada do Centro de Visitantes, além da lanchonete dentro do parque infantil. No site (link) tem mais informações.
Anotem algumas dicas ou sugestões.
Como se preparar: roupas e calçados confortáveis, garrafinha d'água, canga, uma noite de sono bem dormida e, para quem precisa, o despertador para não perder a hora.
Informações: nossos funcionários estarão uniformizados com camiseta azul; no Facebook da escola, postaremos a programação detalhada; e enviaremos em papel pelas agendas. Verifiquem no mapa do Jardim Botânico recebido o ponto de encontro do seu grupo para planejar o percurso.
Como chegar: sugerimos o uso de transporte público ou bicicleta.
Educação Infantil e F1 - das 9h às 10h30.
Fundamental I - das 10h30 às 12h.
Fundamental II - das 12h às 13h30.
Cheguem com 40 minutos de antecedência para poderem comprar os ingressos a tempo de apreciar a exposição Memória da Sá Pereira no corredor cultural. Os preços dos ingressos são: R$15,00 (inteira); R$7,50 (meia). Crianças até 5 anos têm gratuidade.
Não percam! #sapereira70anos

Renovação de Matrículas 2019

Enviamos hoje por nossos alunos os documentos para a renovação de matrícula. Agradecemos a parceria na educação de seus filhos e esperamos poder mantê-la no próximo ano. Para nós a confirmação de permanência representa a valorização e o reconhecimento de um trabalho que desenvolvemos com amor e comprometimento. Por isso a receberemos com muita alegria.
Pedimos sua colaboração no sentido de observar o prazo para a devolução até o dia 1/10.
Seu posicionamento, caso não vá permanecer na escola, também é importante para podermos nos organizar e planejar o próximo ano.
No caso de dúvida, por qualquer motivo, pedimos que não deixe de entrar em contato com as orientadoras.
O período para renovação será de 24/9 a 1/10.

Boletos Bancários

A partir do mês de novembro, o emissor dos boletos bancários passará a ser o Banco Bradesco. Para pagamentos relativos ao mês de novembro, os boletos já foram encaminhados pelos correios. Caso seja necessário emitir uma segunda via, entrem em contato com a Secretaria da escola por telefone (2538-3231) ou por email (secretaria@sapereira.com.br).

Sobre as Turmas

Água e Gelo

Turma do Corpo
Vendo as fotos e ouvindo as histórias da viagem da Carol, que retornou da licença de casamento, as crianças da Turma do Corpo questionaram: "Por que você não trouxe neve?"
Conversarmos sobre a formação da neve e os estados da água. Ralamos um bloco de gelo para as crianças explorarem sensorialmente e ver derreter. Depois pusemos formas com água no congelador. No dia seguinte, observamos os blocos de gelo, que foram colocados em bacias para que as crianças pudessem brincar e observar a volta ao estado líquido.
Os pequenos, percebendo a sensação que a água gelada e o gelo provocam em nosso corpo, exclamaram: "Que frio!" "O gelo é gelado!"

Caça ao Tesouro

Turma do Pé
A Turma do Pé participou de uma envolvente brincadeira de caça ao tesouro: em duplas, as primeiras crianças que achassem dinossauros de plástico, escondidos dentro de bacias com terra, seriam as vencedoras!
Curiosas, elas se empenharam. Conforme as crianças de uma rodada venciam uma etapa, marcavam no placar, colando suas fotos unto aos respectivos nomes.
Assim as crianças são desafiadas a aprimorar a coordenação motora ampla e a fina; apropriam-se de regras e trabalham a autoconfiança e o esforço de autossuperação.

Vovô Sanfoneiro

Turma da Careta
A Turma da Careta recebeu a visita do Waldinez e do Mauro, avô e pai da amiga Letícia. Cantamos, conversamos e dançamos bastante. As crianças puderam expressar tudo o que temos conhecido sobre o forró e também conhecer de pertinho a sanfona, instrumento que tem despertado curiosidade e interesse nos pequenos. E narraram esse encontro especial:
"O vovô Von e o papai da Lelê vieram fazer uma visita. Eles trouxeram uma caixa bem grande, que tinha uma sanfona. Juntos vimos o vídeo do Luiz Gonzaga e depois o vovô Von tocou a sanfona. Ele é sanfoneiro e doutor. A sanfona é grande, pesada e sai som se a gente aperta o teclado. Cantamos Asa Branca e Xote das Meninas. Dançar forró é difícil, a gente pisa muito no pé do amigo. Depois demos um presente para eles. Foi bem legal.
Beijo, beijo e tchau, tchau."
(Texto coletivo)

Do Samba ao Forró

Turma da Boca
A história do samba, suas características, relação com o corpo, e os instrumentos utilizados para marcar o ritmo trouxeram muitas descobertas e conhecimentos para a Turma da Boca.
Propusemos um bingo cujas cartelas tinham imagens de agogô, cavaquinho, caxixi, ganzá, surdo, tantam e tamborim. As crianças se divertiram praticando a matemática, ansiosas para preencher suas cartelas.
Outra brincadeira desafiadora foi a caça ao tesouro. A cada pista encontrada, um desafio corporal era lançado: sambar de um espaço ao outro; dar passos lentos; andar com um par. Íamos encontrando instrumentos diferentes dos já conhecidos: sanfona, triângulo, zabumba...
E finalmente os pequenos conheceram o forró! Embalados ao som de um trio forrozeiro, dançaram em pares, experimentando novos passos e as sensações corporais provocadas.

A Casa Bordada

Turma da Cambalhota
A Turma da Cambalhota e a Turma da Mão, da Pereira, foram visitar a exposição A Casa Bordada, no Crab. As crianças participaram de uma oficina de artes e seguiram para a exposição.
Na sala Memórias de um Bordado, apreciaram objetos e produções cheios de histórias e conheceram materiais usados pelas bordadeiras, e que nós também usamos para fazer nossa boneca Emília: linhas, agulhas e dedais.
Ao entrar na Casa Bordada, todos se encantaram com a beleza e os detalhes. Finalizamos nossa visita lendo um livro sobre o Saci Pererê, escrito e ilustrado com bordado.
As crianças adoraram o passeio!

Entre Muitos Bordados

Turma do Umbigo
Foi numa tarde agradável que a Turma do Umbigo visitou a exposição A Casa Bordada, no Crab. O encantamento pelo trabalho das bordadeiras do Brasil fez com que nossos pequenos observassem cada detalhe das figuras, delicadamente bordadas, atentos às linhas, cores, figuras e tipos de tecido. Entre peixes, flores, pássaros, pessoas, brinquedos e mapas, apreciamos, também, livros de pano com personagens do repertório de pesquisa da turma. Ouvimos as histórias do Curupira e do Saci, desta vez mais familiarizados com o enredo e maravilhados com os bordados das páginas.
"Eu gostei dos passarinhos dos quadros." (Vicente L.)
"Gostei das historinhas." (Maria V.)
"Gostei dos passarinhos cantando." (Clara)
"Gostei do lanche, do museu, dos quadros." (João)
"Adorei muito o que vimos na exposição." (Arthur)
"Gostei de fazer o livro." (Yasmin)
"Gostei de fazer a pintura do livro." (Francisco)
"Gostei do boizinho. Gente! Gente! Vem ver que coisa mais linda!" (Vicente M.)
"Gostei dos peixinhos." (Lia)
"Gostei do biscoito do lanche e do quadro com os paninhos." (Benjamim R.)
"Gostei muito dos quadros, dos peixes, das casas, das histórias do Saci e Curupira e do lanche." (Maria L.)

Dança e Música

Corpo, Cultura e Natureza

Pereirinha
Nas aulas de Música estamos trazendo, junto aos projetos, um pouco do repertório da Ana Maria Moura, ex-diretora da escola. Seu legado é uma grande quantidade e variedade de canções, posteriormente organizadas por temas, em CDs, e boa parte disponível no site da escola em Mural/Música (link).
Suas músicas falam da nossa cidade, sua gente, seus costumes, bichos e plantas.
Trabalhando a relação do corpo com a cultura e a natureza, trouxemos o Saci, o Curupira, o Boitatá, que têm características corporais próprias e zelam pelos animais e pelas matas.
Nas canções de Ana, descobrimos que eles podem ser importantes aliados da causa ambiental e nos ensinam que as diferenças corporais não nos distanciam, mas nos enriquecem.
Pulamos como Saci, imitamos o Curupira andando de costas e fizemos um Boitatá bem grande, com cada criança pondo a mão no ombro de um amigo.
Claro que, para conseguirmos entrar em contato com um ser desses, ou até com os bichos, não podemos espantá-los com nossa agitação corporal. Pusemos guizos nos pés e brincamos de andar com muito jeito, sem fazer barulho.
As canções de Ana Maria Moura e muitas outras estarão presentes no encontro comemorativo dos 70 anos da Sá Pereira, no Jardim Botânico. Até lá!

De Todos

Ioga Crianças e Adolescentes

Lena Viegas, orientadora da Educação Inclusiva na Sá Pereira, desenvolve um trabalho de ioga no Espaço Ananda Yoga MG, na rua Humaitá, 170, e convida os interessados para uma aula experimental. De forma lúdica, com brincadeiras, jogos e histórias, as crianças conhecerão essa prática milenar, que ajuda a conectar corpo e mente, trazendo equilíbrio, tranquilidade, concentração e confiança.
Enquanto estão nas posturas, o pensamento se aquieta e as emoções se acalmam. Crianças e adolescentes se permitem parar por algum tempo e perceber sua respiração, observar-se e vivenciar sentimentos de paz e bem-estar, que levam para todas as situações da vida.
Inscrições e mais informações: 99819-9080 ou viegas_lena@yahoo.com.br.

Meu Corpo É Político

Gabriel Cid, pai da Clarice (TEM), convida todos para a próxima sessão da Matinê Pedagogias da Imagem, que acontecerá na próxima terça-feira, dia 25/9, às 10h, no campus UFRJ da Praia Vermelha, Av. Pasteur, 250 - Urca - Auditório Manoel Maurício/CFCH. A exibição de Meu Corpo É Político (Brasil, 2017) será seguida de conversa com Alice Riff, diretora do filme (em videoconferência), e com Barbara Pires, doutoranda em Antropologia Social pelo Museu Nacional (PPGAS/MN/UFRJ), pesquisadora do Núcleo de Estudos em Corpos, Gêneros e Sexualidades (NuSex) e da Liga Acadêmica Brasileira de Estudos em Intersexualidade (LABEI).
O projeto privilegia a relação entre cinema e pensamento, procurando instigar o público a refletir, com os filmes, sobre questões que eles suscitam e reverberam. A sessão conta com o apoio da Videocamp. A entrada é franca e condicionada à lotação do espaço.
Confirmação de presença e mais informações (link). Blog (link).

Fake News

Simone Intrator, mãe do Rodrigo Juppa (F7T), e Monica Chaves, mãe do Vítor Medeiros, ex-aluno da escola, oferecem o curso Fake News: Como Navegar em um Ambiente de Desinformação. O curso pretende mostrar como avaliar criticamente o conteúdo das mídias, como acessar informações em fontes confiáveis e como criar um compromisso com a disseminação de informações nas redes sociais de forma ética e responsável.
De 2 a 4 de outubro, das 19h às 21h, na Estação Net Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52. Investimento: R$270,00. Inscrição: cursos@ebcine.com.br.
Mais informações (link)

Aniversários

De 22 a 28 de Setembro

22 Cecilia Vila Maior Teixeira F7T
23 Renata Regazzi Avelleira Teixeira PRO
23 Malu Vidal Pessoa F1BT
23 Julieta Arruda Varoni de Castro F8M
24 Beni Abulafia Lerner F3M
24 Leo Quevedo Morena F2M
24 Thiago Lima Bôdas F7T
24 Maria Touma de Cerqueira Campos TGM
24 Rosa Thomé de Melo Gois F1BT
24 Alice Simon Duque Estrada de Barros TAT
25 Thiago Vinicius Marynower Camara Py F4M
27 Bento Guilhon Astúa de Moraes TBM
27 Nicolas Nicolai de Souza Tenius F9M
27 Beatriz Miziara Rocha F2M
27 Luiza da Costa Marques Netto TEM
28 Cristiane Oliveira V Motta Rodrigues PRO
28 Filipa Kessler Nacinovic F1M
28 Fernanda Faria Pereira AUX
28 Pedro Daumas Porto Oliveira Ferrão TCT