Notícias de 24 de agosto de 2018 - Ano XXV

Avisos Pereira

Reunião de Pais

Pereira
A presença das famílias é muito importante para que, juntos, possamos acompanhar de pertinho o percurso escolar das crianças.
Lembramos que depois das 18h não temos funcionários disponíveis para cuidar das crianças. Por isso, não é possível a presença delas durante as reuniões noturnas.
Turma da Mão (TGM) - 30/8 (qui) - 8h
Turma da Pele (TGT) - 30/8 (qui) - 18h
Turma da Barriga (TFM) - 13/9 (qui) - 8h
Turma do Esqueleto (TFT) - 13/9 (qui) - 18h
Turma do Cérebro (TEM) - 20/9 (qui) - 8h
Turma da Pupila (TET) - 20/9 (qui) - 18h
Turma do Amor (F1AT) - 27/9 (qui) - 18h
Turma do Movimento (F1BT) - 27/9 (qui) - 18h
Turma do Coração (F1M) - 4/10 (qui) - 18h

Atividade Turma da Pupila

Turma da Pupila
As crianças da Turma da Pupila estão levando na pasta uma atividade para ser feita no final de semana, junto aos seus responsáveis. Pedimos o retorno desse trabalho até a próxima terça-feira, 28/8, para que todos possam compartilhar com a turma.

Figurino para F1

F1
Na próxima quinta-feira, 30/8, as F1 concluirão o trabalho do alfabeto corporal. A Roberta, professora de dança, pede que as crianças não faltem e venham de short ou calça azul e camiseta do uniforme cinza.

Sobre as Turmas

Terra de Cabinha?

Turma do Cérebro
A Turma do Cérebro iniciou o projeto do segundo semestre. Terra de Cabinha, de Gabriela Romeu, será o fio condutor de nossas pesquisas relacionadas ao corpo nas brincadeiras. Mas o que é Terra? E Cabinha?
"Terra é a casa da minhoca." (Rodrigo)
"Cabinha é uma carroça." (Eduardo)
"Terra é onde a gente coloca semente!" (Flora)
"Cabinha é um tipo de carro." (Joana)
"Cabinha é um cavalo?" (Bento)
Intrigadas, as crianças percorreram a escola perguntando se alguém sabia o que era Terra de Cabinha e depois compartilharam na roda de conversa o que cada entrevistado havia respondido.
Afinal, o que é Terra de Cabinha?

Sangue no Corpo Todo

Turma da Pupila
A Turma da Pupila conheceu o livro Como Funciona o Incrível Corpo Humano - por Ideias-Brilhantes, de Richard Walker. Pudemos confirmar a hipótese das crianças de que o coração faz aquele som porque o sangue passa por ele e é bombeado para todo o corpo. Descobrimos que existem diferentes tipos sanguíneos e que, no corpo do adulto, circulam cerca de cinco litros de sangue.
Aproveitamos para medir e visualizar essa quantidade de líquido em diferentes recipientes, aproximando as crianças do universo matemático de um jeito divertido e significativo.

Vai "Frever"!

Turma da Barriga
Com samba no pé, a Turma da Barriga continua se movimentando. Chegamos aos sambas-enredo das escolas de samba da nossa cidade e fizemos um animado baile de carnaval. Miguel trouxe para compartilhar com os amigos a história O Rapto do Galo, de Fabiana Karla, que fala de outro carnaval: o de Recife. Os pequenos ficaram muito animados ao ouvir Vassourinhas, de Mathias da Rocha e Joana Batista Ramos. Ninguém resistiu ao ritmo empolgante do frevo e, é claro, todos caíram na dança.
O que as crianças sabem sobre o frevo? O que querem saber? Como seus corpos se movimentam ao dançar frevo? Será que essa garotada vai "frever"?
As atividades de artes, escrita e matemática, relacionadas às nossas pesquisas, também contaram com o empenho de todos.

Sua Pele É de que Cor?

Turma do Esqueleto
A Turma do Esqueleto está aprofundando seus estudos sobre a pele. Em uma de nossas rodas, as crianças conheceram uma caixa de giz de cera diferente, que não tinha vermelho, azul nem verde - só tinha tons de pele. Apreciamos o catálogo da exposição Polvo, da Adriana Varejão, trabalho feito a partir das diferentes respostas, dadas por várias pessoas, à pergunta "qual a sua cor de pele?", em uma pesquisa do IBGE.
Com muita imaginação, cada criança nomeou o tom de sua pele. Algodão, caramelo, pão de queijo, brigadeiro e carneirinho são exemplos dos nomes de cores escolhidos por elas.

Memória Coletiva

Turma da Mão
"Nós, da Turma da Mão, fomos numa exposição chamada Objetos da Memória, da fotógrafa Sandra Delgado. Estamos pesquisando o cérebro por dentro e descobrimos que ele guarda muitas coisas, muitas lembranças. Lá na exposição, vimos objetos e fotos. As fotografias eram das pessoas segurando seus objetos especiais, que elas adoravam. Nós também ouvimos as pessoas contando as histórias de seus objetos. Objetos cheios de memórias! Achamos muito bonito, adoramos. Ficamos com vontade de fazer uma exposição nossa aqui na escola com as nossas coisas, que são importantes pra gente."
(Texto coletivo)

Objetos de Memória

Turma da Pele
A Turma da Pele recebeu a visita do Guilherme Bressane, pai do Rafael (F1M), que veio contar e mostrar alguns objetos da sua memória. Ele trouxe para a turma objetos que ele guarda do seu tempo de criança e de quando era adolescente: um álbum de selos, um jogo de botões e adesivos de janela chamaram a atenção das crianças, que quiseram saber mais sobre esses objetos preciosos. Foi um encontro cheio de boas lembranças, e despertou ainda mais o desejo de ir em busca de nossas memórias.

Superpoderes: os Sentidos

F1
O segundo capítulo de O Livro dos Sentidos, de Ricardo Azevedo, despertou nas F1 a importância do olhar. Sentir e perceber o que vemos, cores diferentes, muitas formas e tamanhos...
A Turma do Amor passeou pela escola aguçando a visão e registrando detalhes que chamavam a atenção. As crianças experimentaram, também, deslocar-se com os olhos vendados e a ajuda de um amigo, vivenciando novas sensações.
A Turma do Movimento fez uma experiência com cores na sala de ciências, usando papel celofane e a mesa de luz. As crianças puderam perceber novas cores se formando, conforme papéis de cores diferentes iam sendo sobrepostos.
A Turma do Coração recebeu um desafio: identificar os olhos de alguns animais através de imagens com zoom. Em grupos, as crianças escreveram seus palpites e se divertiram com as descobertas.

Queimado Rasteiro

F1
Inspirados nas aulas de Educação Física do Fundamental II, trouxemos para as F1 um queimado diferente: o queimado rasteiro é um jogo muito dinâmico, que mistura queimado e futebol. Buscando dominar a bola utilizando chutes rasteiros e saltos, as crianças se desviaram e se divertiram com o novo jogo.

Sentindo no Corpo

Turma do Movimento
A Turma do Movimento registrou a experiência sensorial vivenciada na aula passeio ao Jardim Botânico:
"Nós, da Turma do Movimento, fomos pesquisar nossos sentidos no Jardim Botânico. No caminho para a entrada, nós achamos uma árvore e ficamos sentindo o musgo macio e o tronco, que era áspero. Depois nós paramos para olhar as tartarugas no lago. Também vimos um relógio de sol. Nós entramos e fomos para o Jardim Sensorial e, bem no início, observamos que no chão tinha um piso diferente que era para os cegos sentirem por onde eles vão andar. Então nós fomos ler uma placa que também tinha em braille para os cegos. Depois nós fomos sentir as plantas, botamos as mãos e sentimos o cheiro. Tinha hortelã, alecrim, espada-de-são-jorge, manjericão, flor-de-chocolate, barba-de-serpente, pelo-de-urso e outras que tinham nomes de partes do corpo: costela-de-adão e coração-magoado.
Em seguida, fomos escutar o barulho da cascatinha e fizemos o caminho da Mata Atlântica. Tinha um riacho que nós colocamos folhas e fizemos uma corrida como se elas fossem barquinhos. Nós vimos uma árvore enorme, uma casa de marimbondo gigantesca e um macaco-prego que chamamos de Jubileu. Depois fomos até o lago da vitória-régia e vimos vários tambaquis, que são peixes muito grandes; também vimos tirara e barrigudinho. E também vimos um biguá, que é uma ave aquática, mergulhando e comendo um peixe. Depois escolhemos um lugar para sentar e fazer um desenho de observação. Logo depois, fizemos um lanche coletivo no parquinho e usamos o nosso paladar para saborear as guloseimas e no final do passeio nós vimos alguns micos e fomos embora.
Foi um passeio muito interessante e nossos sentidos funcionaram muito bem!"

(Texto coletivo)

Movimento na Pupila

O estudo da visão está proporcionando várias atividades práticas para as F1 como a experiência com cores e a observação e identificação dos diferentes olhos de animais. Com isso, as crianças ficaram cada vez mais curiosas para entender como o nosso olho funciona. Para ajudar a responder algumas questões, a Turma do Movimento foi pedir ajuda à Turma da Pupila que investigou bastante o olho humano no semestre passado. Os amigos mais novos responderam algumas dúvidas como Por que a gente pisca? Como a pupila abre e fecha? Qual o nome da parte branca dos olhos? Como o olho enxerga? Por que a gente tem cílios? Por que a gente pisca? De onde sai a lágrima? Por que os cegos não enxergam se eles têm olhos? . Foi um momento de troca muito gostoso e significativo para todos. Agradecemos a Turma da Pupila por compartilhar tanta sabedoria!

Movimento na Pupila

O estudo da visão está proporcionando várias atividades práticas para as F1 como a experiência com cores e a observação e identificação dos diferentes olhos de animais. Com isso, as crianças ficaram cada vez mais curiosas para entender como o nosso olho funciona. Para ajudar a responder algumas questões, a Turma do Movimento foi pedir ajuda à Turma da Pupila que investigou bastante o olho humano no semestre passado. Os amigos mais novos responderam algumas dúvidas como Por que a gente pisca? Como a pupila abre e fecha? Qual o nome da parte branca dos olhos? Como o olho enxerga? Por que a gente tem cílios? Por que a gente pisca? De onde sai a lágrima? Por que os cegos não enxergam se eles têm olhos? . Foi um momento de troca muito gostoso e significativo para todos. Agradecemos a Turma da Pupila por compartilhar tanta sabedoria!

Dança e Música

Histórias com o Corpo

Educação Infantil
Através de danças, brincadeiras e algumas histórias, as turmas da Educação Infantil têm sido apresentadas a diferentes ásanas da ioga. As posturas do guerreiro, do sapo, da árvore, do cachorro, do gato e da palmeira têm levado as crianças a perceber de forma lúdica as possibilidades e os limites do próprio corpo. O momento de relaxamento ganhou um novo desafio: com um barquinho de papel na barriga, as crianças foram convidadas a relaxar o corpo e a respirar, equilibrando-o para ele não cair.

De Todos

Arte Conecta para Pais

O curso Arte Conecta para Pais se propõe a agir e discutir a importância da arte na educação através de práticas artísticas adultas que resgatam a imaginação. A criatividade praticada na infância vai se tornando cada vez mais distante. Enquanto as crianças vivem o momento do criativo, os adultos se distanciam dele. O criativo é característica natural da criança. Quando nos aproximamos dele, nos aproximamos também da criança. O curso é essencialmente prático, com abordagens teóricas pertinentes à educação dos filhos. Informações no site do Arte Ação (link).

Aniversários

De 25 a 31 de Agosto

26 Thais Araujo Figueiredo PRO
26 João Schliemann Rangel Carneiro F5T
27 Arthur Lima Storino Alves F5T
27 Lourenço Cavanellas Rebello F9M
27 Gabriel de Moura Ungier TEM
28 Eric Dias Corrêa Caverzam F6T
28 Rodrigo Gomide Goldenstein TGM
28 Danilo Rocha Rogozinski F6M
28 Julia dos Santos Moraes PRO
29 Pina R V Von Kruger de Freitas TGT
29 Cristina Rocha dos Santos AUX
30 Olívia Milliet Lisboa F5M
30 Sofia Lei Ferraz de Oliveira F1M
30 Cintia Motta Donato Vitorino AUX
31 Cecília Regis Curty Saad F1M
31 Caetano Holanda Rossi TBM
31 Helena Arteiro Bicharra Pinto TFM