Notícias de 23 de março de 2018 - Ano XXV

Para Todos

Feriado de Páscoa

Na semana que vem teremos o feriado da Sexta-feira da Paixão. Não haverá aula. O Informe 924 será publicado na quinta-feira, 29 de março.

Avisos EFI

Reunião de Pais

Fundamental I
Neste semestre as reuniões de pais do turno da manhã serão sempre às 18h, e as do turno da tarde, às 19h30.
F4 - 26 de março (seg).
F5 - 5 de abril (qui).

Passeio de F2

F2
As F2 vão fazer sua primeira aula passeio no dia 29 de março, quinta-feira, no horário escolar. Visitarão o Crab - Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro para ver diferentes manifestações da nossa cultura, na exposição Festa Brasileira.
F2M - Lanche normal na escola.
F2T - Lanche individual em embalagem descartável.

Sobre as Turmas

Notícias do Pereirão

F2T, F3T, F4T e F5T
No turno da tarde, iniciamos o trabalho no Pereirão trazendo atividades cooperativas que buscam ressaltar a importância do trabalho em grupo para que o objetivo do jogo ou da brincadeira seja atingido. Demos sequência com os jogos que enfatizam também a necessidade do cuidado com o próprio corpo, com o do outro e com a forma como nos deslocamos pelo espaço.
A partir de uma lista de jogos partilhada com as crianças, as F4T e F5T foram convidadas a escolher a proposta do próximo Pereirão.

Caça-tesouro na Biblioteca

F2
As professoras de F2 esconderam um tesouro na Biblioteca para compartilhar com as turmas: um livro muito significativo. Pistas foram espalhadas em dicionários, literatura infantil, e as crianças foram descobrindo, através de enigmas, espaços que ainda não tinham explorado nessa sala. Até que chegaram aos contos de fada... Lá uma surpresa as aguardava no livro Histórias Maravilhosas de Andersen. Descobriram o conto preferido de cada professora, compartilharam os seus e em uma roda de conversa discutiram o que era o gênero conto de fadas. Será que precisa sempre ter uma fada ou princesa? Disseram que alguns contos clássicos receberam versões e alguns são bem atuais. Conversaram sobre as semelhanças e diferenças entre esses contos, os personagens que costumam aparecer, viram como essas histórias começam e até sugeriram escrever os próprios contos de fada...
Essa experiência ainda vai render muitas discussões e descobertas bacanas sobre esse gênero tão trabalhado nas F2. Nossos pequenos leitores querem também ser escritores!

O Pulso Pulsa Diferente

F4
Começamos as aulas de Música das F4 explorando os sons do corpo com os timbres da percussão corporal. Ouvimos O Pulso, dos Titãs, e fizemos jogos envolvendo o corpo em movimento, nos quais perceber o pulso musical e as variações de andamento eram o objetivo. Auscultamos nossos batimentos cardíacos com a ajuda de um estetoscópio e reproduzimos o que ouvimos, percebendo diferenças e semelhanças de andamento e intensidade entre os corações dos alunos. Como desafio técnico para a flauta barroca, iniciamos o estudo da primeira parte do Bolero, de Ravel, que apresenta a novidade do compasso ternário. Começamos a praticar o método d’O Passo em 3/4 percebendo a diferença entre os compassos 4/4 e 2/2.

Nova Professora do Coral

Coral F4 e F5
As F4 e F5 conheceram a Taiana, nova professora de Coral, através de um jogo rítmico. Conversamos sobre como a voz é produzida pelo corpo e como a respiração e a postura corporal são importantes para a saúde vocal. Desde então, trabalhamos o samba Amor no Coração e Samba no Pé, de Alexandre Caldi, Sofia Holanda e Alice Holanda, vencedor do concurso do bloco da escola. Fizemos também a classificação vocal de nossos coralistas, dividindo o grupo em duas vozes, o que nos possibilitará cantar arranjos polifônicos.
As F5 também vêm ensinando Cérebro Eletrônico, de Gilberto Gil, para as F4, arranjo que cantamos no ano passado e que será mantido no nosso repertório. Como parte do projeto deste ano, começamos a conhecer O Pulso, de Marcelo Fromer, Antonio Bellotto e Arnaldo Filho, gravada pelos Titãs no álbum Õ Blésq Blom.

Notícias com Poesia

Semana da Poesia Fundamental I
Em 1999, a Unesco declarou 21 de março o Dia Mundial da Poesia, esse gênero peculiar que nos convida a brincar, sonhar, falar e compreender o mundo. Para comemorar, as crianças compuseram palavras, gestos, sorrisos, afetos, abraços, alegrias e amores e, com poemas no coração, saíram pela escola e pelos arredores brincando de poesia, declamando poemas e presenteando pessoas.

Poesias

Semana da Poesia F2 e F3
As crianças de F2 enfeitaram a sala de aula com poemas inspirados na senhora aposentada de A Caligrafia de Dona Sofia, de André Neves. Depois, saíram de sala para encher o caminho com poemas escritos por elas.
A F2M fez um varal na escada e outro na janela e deixou toda a criatividade exposta para quem quisesse se deleitar.
A F2T teve a ideia de fazer uma invasão poética na Pereira. As crianças passaram de sala em sala para declamar seus poemas e os de seus autores favoritos.
Na F3M, Manuel Bandeira, Arnaldo Antunes, Silvia Rabelo, Cecília Meirelles, Mario Quintana, Manoel de Barros, Leminski, Joana Sirovy e Sofia Holanda estavam presentes comemorando esse dia. Apareceram poesias de amor, engraçadas, melodiosas e... complicadas de entender. Às vezes sem sentido, mas boas de ouvir.
A F3T teve invasões poéticas das F4 e F5 e caprichou em belos registros para presentear os amigos e a escola.
No portão, os alunos deixaram um varal de poesias e um lembrete: "Em dias tão difíceis a poesia pode alegrar a alma."

Quando a Alma Transborda em Palavras

Semana da Poesia F4
As F4 dedicaram uma semana inteira a contagiar o mundo com poemas e mestres das palavras que vêm embalando nossos dias desde o início do ano.
Em sala, muita leitura, investigação e mãos e corações em ação. Sempre em parceria porque, como diz o poeta, esta é a melhor religião. As crianças copiaram e ilustraram poemas e criaram cartazes para contagiar todos com alegria. Fizeram invasões nas salas de F2 a F9.
Teve quem preparasse poemas para os amigos fora da escola. Teve quem pedisse para levar o livro adotado e passar uma semana com ele em casa.
As crianças distribuíram presentes-poesia pela Pereirona e adentraram com força a Cobal. Sorridentes, anunciavam o dia especial. O pessoal que estava por lá sorriu com a meninada e recebeu, encantado, os presentes. Teve adulto se emocionando, declamando, dançando, lembrando da família...
A empolgação tomou conta. Teve criança falando poema guardado na ponta da língua. Algumas visitaram os garçons, floristas e açougueiros de todo dia, para deixar claro seu desejo de presenteá-los com poesia.
Levaremos, para o ano inteiro, o convite de José Paulo Paes: vamos brincar de poesia? Quebrar a dureza das almas e dos dias...
Bella, professora da F4T, adoeceu justo no dia da poesia. Mas, com o coração presente, escreveu e enviou um poema para seus queridos alunos:
"Minha turma muito amada,
Hoje entrei numa cilada
Garganta deu uma escangalhada
Doutor mandou ficar calada.
Nesse dia tão importante
De poemas em alto falante
De palavras em corações brilhantes
De invasões impressionantes
Estou eu um pouco distante.
Mas o corpo fala
Mesmo quando a voz cala
E no meu caso
Gritou pra ficar em silêncio
Mas (sem i), se não posso estar aí
Deixo vocês com as palavras aqui:
Prestem bem atenção, porque deu um trabalhão!
A poesia é o que a gente sente
Como bem disse o Vicente
É da ordem da leveza, como quis dizer Teresa
E só se deixa levar
João há de concordar
Que a bola precisa rolar.
Fiz pra vocês esse presente, já que hoje estou ausente:
Meu coração é diferente, bem maior que o de toda gente
Nele moram duas Claras, uma rosa e uma margarida!
Todas duas são pura alegria!
Nele vivem também as histórias
Do Dudu e dos anos de glória!
Preciso agora
De dois asteriscos
Pro Pratt
E pro Diaz Franciscos.
Um mais doce outro mais arisco.
Nesse coração há um grande salão, cabem nomes em repetição:
Gabriel ruge como um Leão,
Mas com carinho
Abre seu coração.
O Barros sai de fininho,
Pra jogar futebol no campinho.
Monteiro é firme e certeiro,
Dos amigos um bom companheiro.
Um trio de flores singelas: Mari e Lu e Manoela
Mari se coloriu de poesia, espalha as cores com alegria.
Luisa peito borbulhante, não para, só segue adiante.
Manoela do abraço apertado, com carinho passa seu recado.
Mesmo quando a voz reclama, o corpo grita que ama:
José, segura esse pé, pare de pensar no acarajé!
Lara, se prepara, guarda estojo, desenho e tiara!
Matias, destranque o coração, dê na poesia um empurrão!
Garanto que você vai curtir um montão!
Miguel gira como um carrossel, mas tem a firmeza de um pincel.
Inácio virado pra trás, mesmo assim sabe tudo o que faz.
Delicada Joana boneca em porcelana.
Laura faz sinfonia, com seus cachos em melodia.
Nicolas da mente que brilha, do avô que a todos inspira.
Nina fala tanto quanto é bela, pinta o sete em aquarela.
Pepeu sabe o que leu, com ele não fico no breu.
Theo é bom ajudante, sorriso luz radiante.
Vejam como são as artérias do meu coração.
Vinte e cinco amores profundos, com vocês posso dar a volta ao mundo!
Mas agora preciso parar, corpo pede pra descansar.
Feliz Dia da Poesia, com muito amor, palavra e melodia.
Um beijo da Bella escangalhada, mas que logo vai ficar curada."

Corpo Poético

Semana da Poesia F5
As F5 mergulharam na semana mais poética do ano.
Inspirada em Manoel de Barros e no Projeto Institucional, a F5T colocou seu corpo em versos para vivenciar o Dia Mundial da Poesia. Ideias para romper com o trivial do cotidiano e tornar esse dia poético foram surgindo: "que tal ler poemas?", "e se fôssemos distribuir poemas?", "e se distribuíssemos massagens?"
Mas, como boas ideias semelhantes a essas surgiram em outras turmas, investimos em gestos poéticos e na provocação do cansaço que sofre o corpo diariamente. O poeta, "se usando em farrapos e de andar perdido", ganhou novo fôlego através da turma. Com a parceria das aulas de Dança e de Teatro, demos voz, vida e corpo ao homem das inutilezas de Manoel de Barros.
"Só quisera trazer pro meu canto o que pode ser carregado como papel pelo vento"
"Ainda que seu corpo permanecesse ardendo, o amor o destruiria."
"Em cima das casas um menino avino assobia de sol!"
"Meu corpo não serve mais nem para o amor nem para o canto."
"Mas os mortos também têm corpo." (Alice, F5T)
A F5M conheceu dois tipos de poesias brincantes: a concreta e os haicais. Inspiradas pelas muitas leituras, as crianças se organizaram para espalhar poesias por aí. Teve casinha de Poesia Concreto - Palavra que Constrói, biscoitinhos poéticos distribuídos pela escola e uma intervenção poética com Mario Quintana "no meio do caminho", na Cobal.
A semana poética passou, mas nosso desejo é que o ano seja repleto de poesia.

Aniversários

De 24 a 30 de Março

26 Joaquim Carvalho de Oliveira F1AT
26 Clara Mendes Temporão TET
26 Flora Levín Tavares TBT
26 Rodrigo Gonçalves Nehab TEM
26 Edmilson Alves Costa AUX
27 Luca Pugliese Nunes de Oliveira F1BT
27 Benjamin Sgarioni Gordilho F3M
28 Lina Pontes Alves TBT
28 Rachel Corrêa Seixas PRO
28 Maria Clara Avelar Marinho Amado TEM
28 Erika Carvalhal de Freitas PRO
29 Ana Goulart Serpa de Resende Vianna F2T
29 Antonio Teixeira Estellita Lins F9T
30 Julia Matos David F8T
30 Luísa Barbosa Lucas PRO
30 Anita Xavier Pedalini Borges Pires TET