Notícias de 23 de setembro de 2016 - Ano XXIII

Para Todos

Matrículas de Irmãos

As famílias que ainda pretendem solicitar vagas para os irmãos devem entrar em contato urgentemente com a Secretaria da Escola para preencher o cadastro. Só poderemos garantir a prioridade de vaga para os que tiverem se manifestado com antecedência. Lembramos que a confirmação da disponibilidade de vagas só poderá ser feita após o processo de renovação de matrícula dos alunos antigos.

Cine Debate Educação

Na última quarta-feira, com a presença de 64 pessoas, recebemos no Cine Debate Educação o Festival Visões Periféricas 2016. A partir da exibição de cinco curtas, tivemos a oportunidade de conhecer e refletir sobre diferentes questões sociais como a vida na favela, a homofobia no futebol, a militância da juventude nas periferias na busca pela resignificação dos territórios vividos, a participação das mulheres na cena cultural da periferia, os conflitos sociais e a maioridade penal. Com a presença dos diretores Marcos Carvalho e Eduardo Carvalho, do filme Chico; Elder Barbosa, do filme Plano Aberto; e Luciano Vidigal, do filme Lá do Alto, as conversas com o público abordaram também a questão da produção e da direção cinematográfica, a seleção dos personagens, a criação de roteiros, a construção dos cenários, a escolha dos temas sociais, a valorização do pensar e saber fazer da periferia e outras especificidades das histórias e dos personagens de cada filme. Ao final, cinco sortudos foram sorteados e ganharam livros que abordam a vida nas periferias brasileiras.

Educação Infantil

Quarteirão da Escola

As turmas dos Bichos e do Beijinho deram uma volta no quarteirão da Escola e registraram o que viram:
"Fomos na rua, no bairro do Humaitá, no quarteirão da nossa escola. A gente viu umas pessoas vizinhas da Escola, a Pereirona, a Bella Gestante, a Cobal, o restaurante, a pracinha, motos, árvores e o trabalho da mãe da Alice Fucci." (Texto coletivo - Turma dos Bichos).
"A nossa turma foi passear a pé para descobrir os vizinhos da nossa escola. Quando saímos, vimos a casa da Jana, um moço pintando a parede e a Tetê na janela. Olhamos a Pereirona, onde a mãe do Vicente trabalha, e o Pedrinho também. Entramos no prédio da Prefeitura e vimos uma outra escola pertinho. Conhecemos o moço que cuida dos carros na rua e a Tatiana, que limpa o lixo da rua. Temos muitos vizinhos perto da nossa escola!" (Texto coletivo - Turma do Beijinho).

Blim Blom!

As turmas do Abraço e do Passarinho estão cada vez mais interessadas nos assuntos que envolvem a vizinhança. As brincadeiras de faz de conta passaram a incluir a casa do vizinho e têm proporcionado ricos momentos de troca e de imaginação. Mergulhadas nessa fantasia, as crianças ouviram Um Porco Vem Morar Aqui, de Claudia Fries: os moradores de um prédio ficam apreensivos com a chegada do novo vizinho. Clóvis Coelho, Gabriela Galinha e Doutor Raposo acham que o Porco é sujo e bagunceiro. Mas acabam se surpreendendo, pois além de ser cordial e preparar um delicioso chá para conhecer os novos vizinhos, o novo inquilino se revela muito organizado e asseado.
Embalada pela narrativa, a Turma do Passarinho quis presentear a Turma do Abraço: as crianças prepararam deliciosos biscoitinhos para oferecer aos amigos vizinhos. Que delícia!

Edifício dos Vizinhos

As crianças da Turma da Chuva fizeram pesquisas e utilizaram seus conhecimentos matemáticos para identificar e registrar os números de suas casas. Depois, compararam e buscaram identificar o número maior e o menor, seus antecessores e sucessores.
Depois de conversar sobre a vizinhança de cada um, resolvemos produzir um prédio de papelão para a nossa turma e demos a ele o nome Edifício dos Vizinhos. Cada criança fez uma janela e desenhou os integrantes de sua família, representados por fantoches de palito.
Usando rimas, inventamos uma história sobre vizinhos e vamos transformá-la em livro. Aguardem!

Quarteirão

A Turma dos Amigos continua inspirada pela caminhada em volta do quarteirão. As brincadeiras com a maquete móvel têm deixado nossos momentos de pátio ainda mais divertidos. As atividades relacionadas aos números das casas e aos vizinhos seguem a todo vapor. Em grupos, as crianças construíram com Lego quarteirões inspirados no da nossa escola e experimentaram fotografá-los de diferentes perspectivas. O próximo passo será comparar as fotos à imagem de satélite que está na nossa sala.
Durante nosso passeio, as árvores também chamaram a atenção das crianças. Francisco, Henrique e Cecília trouxeram folhas recolhidas no caminho para a Escola, que foram registradas através de desenho, pintura e fotografia. Essas folhas serão também catalogadas. As crianças estão, novamente, com a pulga atrás da orelha. Afinal, onde podemos encontrar essas folhas no quarteirão? Quais são as árvores que circundam nossa escola? Como elas são? Elas foram plantadas, ou já estavam por aqui?

Conhecendo a Vizinhança

A Turma da Natureza foi conhecer os vizinhos da Pereirinha. Caminhando pelo quarteirão, fomos anotando tudo que víamos: prédios, casas, restaurantes, floricultura, pracinha, papelaria, a Cobal e as escolas vizinhas.
Encontramos a Lise, que mora no sétimo andar do prédio em frente à Pereirona. Ela contou que seus filhos que estudam na Escola.
Na sala de artes, em duplas, desenhamos esses vizinhos e, com a ajuda de lupas, localizamos no mapa do Rio de Janeiro os bairros do Humaitá e de Botafogo .

A Árvore Generosa

A leitura de A Árvore Generosa, de Shel Silverstein, levou a Turma do Brincar a uma interessante conversa. Qual a importância das árvores? Por que precisamos delas? Onde é importante que haja árvores e por quê?
"A árvore é importante porque ela dá borracha e papel e ela é da natureza." (Filipa)
"As árvores dão sombra e abrigo." (Daniel)
"Elas também dão comida." (Bernardo D.)
"As árvores são importantes porque elas são plantas e dão ar pra gente respirar." (Teresa)
"É importante ter árvore nas florestas." (Vicente)
"É importante ter árvores nas ruas." (Cecilia)
Continuando nossas investigações científicas, fizemos experiências com folhas retiradas da poda na amendoeira da casa da Clarice. No primeiro experimento, observamos a clorofila que sai das folhas, depois de submersas no álcool por alguns dias . Em outro, pusemos as folhas para secar até ficarem bem desidratadas. Os resultados serão observados na próxima semana.

De Todos

Curta Temporada

A Árvore Que Fugiu do Quintal, de Alvaro Ottoni, com direção de Zé Helou, estará em cartaz no Teatro Carlos Gomes aos sábados e domingos, de 24/9 a 9/10. Na Praça Tiradentes, Centro.

Ioga para Crianças

Lena, professora da Escola, está dando aula de ioga para crianças de 3 a 9 anos, no Espaço Ananda Yoga, na Casa de Espanha. De forma lúdica e afetiva, com brincadeiras, jogos e histórias, as crianças entram em contato com essa prática milenar, que une corpo e mente, desenvolvendo autoconhecimento, confiança, calma, concentração e atenção. Inscrições e mais informações: 99819-9080 ou viegas_lena@yahoo.com.br. A casa de Espanha fica na Rua Maria Eugênia, 330 - Humaitá.

Aniversários

De 24 a 30 de setembro

24 Cesar Pinho Pires de Saboia F8T
24 Maria Touma de Cerqueira Campos TBM
24 Beni Abulafia Lerner F1M
24 Thiago Lima Bôdas F5T
24 Rosa Thomé de Melo Gois TCT
26 Flavia Goncalves PRO
26 Olívia Domingues Cidade F4M
26 Marina Alves Barbosa F5T
27 Gustavo Havas Veiga F4T
27 Luiza da Costa Marques Netto TAM
27 Nicolas Nicolai de Souza Tenius F7M
28 Cristiane Oliveira Vasconcelos Motta Rodrigues PRO
28 Filipa Kessler Nacinovic TDM
29 Carolina Grinberg Limoncic F6T
29 Pedro Andrade Buarque de Macedo F6T
29 Violeta Suarez Cabral F4M
29 Lorenzo Conde Janequine F9T
30 Julia Motta Rodriguez F6T
30 Lara Lazoski Libanio F6M
30 Manoel Justino Ferreira AUX